Telefone Mudo/Boate Azul lyrics

Portuguese

Telefone Mudo/Boate Azul

Eu quero que risque meu nome da sua agenda
Esqueça meu telefone, não me ligue mais
Porque já estou cansado de ser o remédio
Pra curar seu tédio
Quando seus amores não lhe satisfazem
 
Cansei de ser o seu palhaço
Fazer o que sempre quis
Cansei de curar sua fossa
Quando você não se senta feliz
 
Por isso é que decidi
O meu telefone cortar
Você vai discar várias vezes
Telefone mudo não pode chamar
 
Doente de amor
Procurei remédio na vida noturna
Como a flor da noite
Em uma boate aqui na zona sul
 
A dor do amor é com outro amor
Que a gente cura
Vim curar a dor deste mal de amor
Na boate azul
 
E quando a noite vai se agonizando
No clarão da aurora
Os integrantes da vida noturna
Se foram dormir
 
E a dama da noite
Que estava comigo
Também foi embora
Fecharam-se as portas
Sozinho de novo
Tive que sair
 
Sair de que jeito,
Se nem sei o rumo para onde vou?
Muito vagamente me lembro que estou
Em uma boate aqui na zona sui
Eu bebi demais
E não consigo me lembrar sequer
Qual é o nome daquela mulher
A flor da noite da boate azul
 
Submitted by Ladyafra on Sun, 12/02/2012 - 14:55
Last edited by Alma Barroca on Fri, 17/03/2017 - 22:11

 

Comments
domuro    Fri, 17/03/2017 - 21:55

The original text lacks all the necessary accents and has some misspellings:
EsqueRca, sentIa, inteRgrantes, Fecharam-se, nAvo - novo,
Please correct!

Alma Barroca    Fri, 17/03/2017 - 22:11

Several typos have been corrected, thanks for reporting.

domuro    Mon, 20/03/2017 - 22:46

Also: this song is on the list two times. The other entry is under P: Potpourri ...

Alma Barroca    Mon, 20/03/2017 - 22:56

Thanks for reporting it. I unpublished that entry and merged the content into this entry - the older one.