Vanessa Barum - Belíssima (English translation)

Portuguese

Belíssima

Quando tudo fica triste
E a felicidade já não basta
Os inimigos ficam frios
E a culpa é sua
Se você sucumbe ao medo
Que vem atormentar teus sonhos
Ainda resta o fogo humano contra a hipocrisia
 
Quando todos te humilham
E te empurram ao fracasso
Desafie a agonia, acorda em ti o teu palhaço
Se alegre como os inocentes
Não se torne um decadente
Nem procure no futuro
O que está no teu presente
 
Seu desejo é uma serpente
Um anjo indecente
Que ao tocar na tua pele
Te transmite uma febre
Que te joga contra o mundo
Até que você se assuma
E repita pra si mesma
 
Sou belíssima, sou belíssima
E um grande amor me espera ao meu lado
Sou belíssima, sou belíssima
E um grande amor me espera ao meu lado
 
Nunca é tarde, nunca é cedo
Quando a angústia te corrói
A cada passo, você perde o centro e sente saudade
O passado é bom e morre
Como um pranto que se come
Para cada um as aventuras são particulares
A paixão só tem coragem se a vontade for valente
E até provar o contrário é preciso estar contente
E, loucamente, dizer sempre que foi por amor
 
Foi belíssimo, foi belíssimo
Meu grande amor
Sempre ao meu lado
Foi belíssimo, foi belíssimo
Meu grande amor
Sempre ao meu lado
 
Foi belíssimo, foi belíssimo
Meu grande amor
Sempre ao meu lado
Foi belíssimo, foi belíssimo
Meu grande amor
Sempre ao meu lado
 
Submitted by Alma Barroca on Sat, 20/01/2018 - 22:36
Submitter's comments:

Cover em português de 'Sei bellissima', canção de Loredana Bertè.

Créditos: Loredana Berté/Tavinho Paes.

Versão ao vivo:

Align paragraphs
English translation

Beautiful

When everything gets sad
And happiness is no longer enough
Enemies get cold
And it's your fault
If you surrender to the fear
That comes to torment your dreams
There still is the human fire against hypocrisy
 
When everyone humiliates you
And push you into failure
Challenge agony, wake up your inner clown
Get happy like the innocents do
Don't become someone decadent
Don't look in the future
For something that you have in your present
 
Your desire is a serpent
An indecent angel
That, when touching your skin,
Makes you feel a fever
That throws you against the world
Till you assume who you are
And repeat to yourself
 
I'm beautiful, I'm beautiful
And there's a great love waiting close to me
I'm beautiful, I'm beautiful
And there's a great love waiting close to me
 
It's never too late or too early
When anguish devours you
At each step, you lose direction and feel nostalgic
The past is good, but it dies
Like a mourning you cry
Adventures are particular to each one
There's only bravery in the passion only if the will is brave
And till you prove otherwise, you need to be happy
And say, madly, that it was because of love
 
It was beautiful, it was beautiful
To have my great love
Always close to me
It was beautiful, it was beautiful
To have my great love
Always close to me
 
It was beautiful, it was beautiful
To have my great love
Always close to me
It was beautiful, it was beautiful
To have my great love
Always close to me
 
Translation done by Alma Barroca. In case you want to reprint it, please ask for permission first and always cite my name as its author. /
Tradução feita por Alma Barroca. Caso você queira reutilizá-la, por favor peça por permissão antes e sempre cite meu nome como o do autor.
Submitted by Alma Barroca on Sat, 20/01/2018 - 22:36
Collections with "Belíssima"
Vanessa Barum: Top 1
See also
Comments