Euridse Jeque - Rival Brega

Portuguese

Rival Brega

Já não estás com a bola toda
Desculpa mas é sério
Já não está com nada, teu reino
Vai por mim, ou escreve aí
Então porquê me tomas
Você me engana há tempo sim
Controla a tua onda
Atualiza um pouco, está muito brega
Já não se volta para casa com cheiro a cafona
Já não se marca camisa com batom da zona
Já não se deixa chupão no pescoço à toa
Olha, apimenta um pouco, eu recomendo
 
Amor, se for para me trair, capricha aí
Eu não posso tolerar uma rival brega
Eu espero mais de ti, não me envergonha
Não me envergonha
Como eu estou passada, amazing
Como ela é ultrapassada, in everything
Eu conheço meu homem amor
Não te iludas mor, não sonha muito não amor
Consegues ser muito tola
Até foto com a camisola do meu homem fizeste
Você joga na cara miúda o barato que fazes
Para ti vale tudo, você joga baixo
Assim perde encanto
Olha, apimenta um pouco, eu recomendo
 
Amor, se for para me trair, capricha aí
Eu não posso tolerar uma rival brega
Eu espero mais de ti, não me envergonha
Não me envergonha
Já não se volta para casa com cheiro a cafona
Já não se marca camisa com batom da zona
Já não se deixa chupão no pescoço à toa
Não, não, não
Olha, apimenta um pouco
Olha, apimenta um pouco
 
Amor, se for para me trair, capricha aí
Eu não posso tolerar uma rival brega
Eu espero mais de ti, não me envergonha
Não me envergonha
 
Submitted by ulissescoroa on Thu, 07/12/2017 - 20:55
Thanks!

 

Euridse Jeque: Top 4
Comments