Júlio Saraiva - Dia das mães (para aquelas que embalam seus filhos mortos) (Italian translation)

Portuguese

Dia das mães (para aquelas que embalam seus filhos mortos)

suspiro de mulher cansada
na solidão nublada do quarto
um berço imaginário e vazio ao lado da cama
um choro feito de silêncio - e só
ardendo bem lá no fim-do-mundo da memória
lágrimas deixaram de ser lágrimas
mas o tempo impiedoso insiste
em traze-las de volta - sempre...
de que serve o poema nessas horas?
 
Submitted by Manuela Colombo on Tue, 16/05/2017 - 19:17
Align paragraphs
Italian translation

Giornata della Mamma (per quelle che cullano i figli morti)

sospiro di donna stanca
nella solitudine cupa della stanza
una culla immaginaria e vuota accanto al letto
un pianto fatto di silenzio – e solo
bruciando là fino all'estremo confine della memoria
le lacrime han cessato d’esser lacrime
ma il tempo impietoso insiste
a riportarle indietro - sempre…
a che serve la poesia in quei momenti?
 
Submitted by Manuela Colombo on Tue, 16/05/2017 - 19:18
Last edited by Manuela Colombo on Tue, 06/06/2017 - 15:11
Author's comments:

Tradução feita por Manuela Colombo. Caso você queira reutilizá-la, por favor peça por permissão antes e sempre cite meu nome como o do autor.
Traduzione fatta da Manuela Colombo. Chi volesse riutilizzarla, è pregato di chiederne prima l’autorizzazione e di citare sempre il mio nome come autore.
Translation done by Manuela Colombo. In case you want to reprint it, please ask for permission first and always cite my name as its author.

More translations of "Dia das mães (para aquelas que embalam seus filhos mortos)"
Please help to translate "Dia das mães (para aquelas que embalam seus filhos mortos)"
See also
Comments