Hollywoodiano

Portuguese

Hollywoodiano

nesta sala de projeção
sem plateia nenhuma
somos duas almas
hollywoodianas
desajeitadas
belas & desesperadas
em épocas diferentes
 
temos diante de nós
o espaço vazio da tela
e só conseguimos
nos enxergar em preto
& branco
 
um piano faz fundo
gostaria de tirar você
pra dançar
enquanto a sessão
não começa
mas mesmo tendo
carlitos aqui comigo
sei que você recusaria
ao meu convite
 
velhas latas
empoeiradas
jazem
numa pequena mesa
ao lado do projetor
que não funciona mais
vejo essas latas
como ataúdes
empilhados
devem ser destruídas
porque sabem do nosso
passado
todas as películas
devem ser apagadas
não podemos deixar
vestígios do que fomos
 
seus olhos de marilyn
parecem mais tristes
mas eu não me assusto
quando vejo
escorrer dos cantos
da sua boca
uma baba espessa
mistura de vinho
com barbitúricos
 
logo você dormirá
e eu ficarei acordado
dançando
até que o cansaço
também me vença
aí sim dormirei ao seu lado
sem tocar no seu corpo
como manda o roteiro
 
quando despertarmos
na manhã seguinte
nesta mesma sala de projeção
vazia
nossas almas hollywoodianas
terão deixado de existir
as cores voltarão aos nossos olhos
e então
tendo o leão da metro por testemunha
firmaremos um pacto de ódio
até ao final das nossas vidas
 
Submitted by Manuela Colombo on Tue, 16/05/2017 - 19:39
videoem: 
Align paragraphs
Italian translation

Hollywoodiano

in questa sala di proiezione
senz’alcuna platea
siamo due anime
hollywoodiane
impacciate
belle & disperate
in epoche differenti
 
abbiamo davanti a noi
lo spazio vuoto dello schermo
e riusciamo soltanto
a vederci in bianco
& nero
 
un piano fa da sottofondo
mi piacerebbe trascinarti
a ballare
finché lo spettacolo
non inizia
ma pur avendo
charlot qui con me
so che rifiuteresti
il mio invito
 
vecchie scatole di latta
impolverate
sono appoggiate
su un tavolino
di fianco al proiettore
che non funziona più
vedo queste scatole
come bare
ammucchiate
devono essere distrutte
perché sanno del nostro
passato
tutte le pellicole
devono essere cancellate
non possiamo lasciare
tracce di ciò che siamo stati
 
i tuoi occhi da marilyn
sembrano più tristi
ma io non mi stupisco
quando vedo
scorrere dagli angoli
della tua bocca
una bava spessa
mistura di vino
con barbiturici
 
Presto tu dormirai
e io resterò sveglio
danzando
finché la stanchezza
non vinca anche me
allora sì dormirò al tuo fianco
senza toccare il tuo corpo
come raccomanda il copione
 
quando ci sveglieremo
la mattina seguente
in questa stessa sala di proiezione
vuota
le nostre anime hollywoodiane
avranno cessato di esistere
i colori torneranno ai nostri occhi
e allora
con il leone della metro come testimone
firmeremo un patto d’odio
fino alla fine delle nostre vite
 
Submitted by Manuela Colombo on Tue, 16/05/2017 - 19:40
Last edited by Manuela Colombo on Mon, 22/05/2017 - 15:10
Comments