Quero ir embora

English

I Want Out

 

From our lives' beginning on
We are pushed in little forms
No one asks us how we like to be
In school they teach you what to think
But everyone says different things
But they're all convinced that
They're the ones to see

So they keep talking and they never stop
And at a certain point you give it up
So the only thing that's left to think is this

I want out--to live my life alone
I want out--leave me be
I want out--to do things on my own
I want out--to live my life and to be free

People tell me A and B
They tell me how I have to see
Things that I have seen already clear
So they push me then from side to side
They're pushing me from black to white
They're pushing 'til there's nothing more to hear

But don't push me to the maximum
Shut your mouth and take it home
'Cause I decide the way things gonna be

I want out--to live my life alone
I want out--leave me be
I want out--to do things on my own
I want out--to live my life and to be free

There's a million ways to see the things in life
A million ways to be the fool
In the end of it, none of us is right
Sometimes we need to be alone

No no no, leave me alone

I want out--to live my life alone
I want out--leave me be
I want out--to do things on my own
I want out--to live my life and to be free

See video
Try to align
Portuguese

Quero ir embora

Versions: #1#2

Desde o começo de nossas vidas
Somos compelidos a pequenas formas
Ninguém nos pergunta como gostaríamos de ser
Na escola nos ensinam o que pensar
Mas todos dizem diversas coisas
Mas todos estão convencidos
De que eles são os únicos que podem ver

Então eles continuam falando e nunca param
E em determinado ponto você desiste
E a única coisa que resta para pensar é isso:

Quero ir embora – e viver minha vida sozinho
Quero ir embora – deixe-me ir
Quero ir embora – fazer as coisas do meu jeito
Quero ir embora – viver minha vida e ser livre

As pessoas me dizem A e B
Digam-me como eu tenho que ver
Coisas que eu já via tão claras
Então me empurram de um lado ao outro
Empurram-me do negro ao branco
Empurram-me até que não haja nada mais para ouvir

Mas não me empurram até o máximo
Cale-se, leve isso pra casa
Porque eu decido o jeito de fazer as coisas

Eu quero ir embora – e viver minha vida sozinho
Quero ir embora – deixe-me ir
Quero ir embora – fazer as coisas do meu jeito
Quero ir embora – viver minha vida e ser livre

Há um milhão de maneiras de ver as coisas na vida
Um milhão de maneiras de ser tolo
E no fim, nenhum de nós está certo
Algumas vezes precisamos ficar sozinhos

Não, não, não – deixe-me sozinho

Eu quero ir embora – e viver minha vida sozinho
Quero ir embora – deixe-me ir
Quero ir embora – fazer as coisas do meu jeito
Quero ir embora – viver minha vida e ser livre

Submitted by Luiz Dorea on Fri, 23/09/2011 - 13:28
thanked 1 time
Guests thanked 1 time
0
Your rating: None
Comments