Salomé - La Santa Espina (Portuguese translation)

Catalan

La Santa Espina

Som i serem gent catalana
tant si es vol com si no es vol,
doncs no hi ha terra pus ufana
sota la capa del sol!
 
Déu va passar-hi en Primavera
i tot cantava al seu pas;
canta la terra encar sencera
i canta que cantaràs.
 
Canten l'ocell, el riu, la planta;
canten la lluna i el sol...
Tot treballant, la dona canta
i canta al peu del bressol.
 
I canta dins d'aquesta terra
el passat ja mai passat;
i jorns i nits, de serra en serra,
com tot canta al Montserrat!
 
Fill meu, per Catalunya
vull veure't gran i fort!
Venja't dels que la ultratgin
i, per ella, viu i mor!
 
Submitted by Metodius on Wed, 25/10/2017 - 16:41
Last edited by Metodius on Sat, 18/11/2017 - 18:41
Align paragraphs
Portuguese translation

O Santo Espinho

Somos e continuaremos a ser o povo catalão
Quer queiram ou não,
Pois não há uma terra mais gloriosa
Sob o sol.
 
Deus passou lá na Primavera
E tudo cantava à sua passagem;*
A terra canta, ainda, inteira
E canta tu mais e mais.
 
Cantam o pássaro, o flume, a pranta;*
Cantam a lua e o sol...
E ao trabalhar, a mulher canta
E canta ao pé do berço.
 
E canta dentro desta terra
O passado que neja aconteceu;*
E dias e noites, de serra em serra,
Como tudo canta para o Monserrate!
 
Meu filho, pela Catalunha
Eu quero te ver crescer bem grande e bem forte!
Vinga-te daqueles que inquinarem-na
E, por ela, vive e morre!
 
Submitted by Metodius on Sun, 29/10/2017 - 19:06
Last edited by Metodius on Mon, 13/11/2017 - 20:22
Author's comments:

* E enquanto ele passava, tudo cantava.

* A razão pela qual as palavras "flume" (rio) e "pranta" (planta) foram escolhidas, é porque são mais poéticas e, por igual, são mais arcaicas e correspondem melhore ao texto original em catalão.

* Arcaismo derivado da expressão "nente já" (nada já), que tem o mesmo significado que "nunca".

More translations of "La Santa Espina"
PortugueseMetodius
Please help to translate "La Santa Espina"
See also
Comments
Alma Barroca    Tue, 31/10/2017 - 12:33

Muito obrigado pela tradução, Metodius! Regular smile
Ela está muito boa, só há pequenos pontos que devem ser mudados - coisas básicas do Português, como preposições e ordem das palavras. Não se preocupe, não tira a perfeição da tradução. Minhas sugestões:

  • Quer queiram quer não > Quer queiram ou não
  • Deus passou lá em Primavera > Deus passou lá na Primavera
  • E tudo cantava à sua passagem > E enquanto ele passava, tudo cantava (Actually, this line is correct, but it's too hard to understand if written like that - maybe someone who doesn't know PT enough wouldn't understand it)
  • E canta tu mais e mais > E você cantará mais e mais
  • o flume, a pranta > o rio, a planta
  • O passado que neja aconteceu > O passado que nunca aconteceu
  • para Catalunha > pela Catalunha
  • Eu quero-te ver crescer bem grande e bem forte! > Eu quero te ver... (no hyphen needed here)
  • inquinarem-na > a ultrajaram/difamaram
  • vive e morre! > viva e morra!
Metodius    Wed, 01/11/2017 - 19:10

Bom serão, Alma Barroca!

Primeiro de tudo, quiser lhe agradecere muito a sua gentileza e o fato de tere partilhado os seus aclaramentos comigo. Sómente quiser lhe formulare algumas questões, se não se importar, em relação a coisinhas assaz menores.

Sei bem que no português brasileiro o pronome da segunda pessoa do singulare não é utilizado com frequência nenhuma, mas é comum em Portugal. Seria, então, possível deixare o "tu" e as conjugações verbais correspondentes na tradução? Pergunto-o porque sempre falei e escrevim-nas assim e, todas as vegadas que fuim para Portugal, não tive problema nenhum aquando das interações com parentes e conhecidos.

Outrossim, utilizei as palavras "flume" e "pranta" porque são mais formais (ou ao menos, arcaicas, como o poema em catalão) e soam mais poéticas - imagino que muitas pessoas não conhecem-nas, porém quiser sabere se puder sere posível deixâ-las tal como estão, ou se seria melhore simplesmente as mudare por "rio" e "planta". No que toca à palavra "neja", eu sempre utilizei-a em vez de "nunca" e achava que era correita - apenas agora estou a percebere que é um regionalismo!

E já para findare, tenho uma dúvida em relação ao termo "inquinare" - eu acreditava que não era sómente sinônimo de "corrompere" ou "sujare", mas por igual de "manchare" ou "injuriare", e é por isso que incluim-na.

Efetuarei as alterações que o senhore teve a gentileza de sugerire, mas só queria resposta às minhas dúvidas.

Muito obrigado!

Alma Barroca    Tue, 31/10/2017 - 23:58

Boa noite! Não precisa agradecer, é um prazer ajudar. Wink smile

Bem, por eu ser do Brasil, raramente uso 'tu' - embora seja correto e aceito em alguns casos. Caso queiras usá-lo, por questões estilísticas, ou por opção, pode.

No caso das palavras, então acho melhor deixá-las assim, mas adicionar um comentário ou nota de rodapé explicando sua escolha. Nunca ouvi 'neja', acredito que essa palavra não exista em PT-BR.

Quanto a 'inquinare', não conhecia essa palavra. Admito que consultei sua tradução para o inglês para tentar compreendê-la. Daí encontrei essas possíveis traduções para o PT-BR.

Um abraço!