Mário de Sá-Carneiro - 7

Portuguese

7

Eu não sou eu nem sou o outro,
Sou qualquer coisa de intermédio:
   Pilar da ponte de tédio
   Que vai de mim para o Outro.
 
Submitted by Guernes on Thu, 12/10/2017 - 20:42
Submitter's comments:

Lisboa—Fevereiro de 1914

Thanks!
Comments