Nuno Rocha Morais - Que a tua memória seja longa...

Portuguese

Que a tua memória seja longa...

Que a tua memória seja longa,
Embora, por vezes, a fites incrédulo,
E não te reconheças em nenhum
Dos outros que foste e em ti apagaste.
Memória longa para saberes
Onde se encontram perdidas as coisas,
As pessoas, os lugares,
E então talvez as causas aceitem revelar-se,
Personagens na sombra que abandonam o disfarce
Porque nada mais pode a memória
Senão murmurar-te que viver
É desencontrar.
Que seja longa e labiríntica:
O fogo sem chamas reminiscente
O que te espera é isso,
Uma longa conversa com a memória.
 
Submitted by Guernes on Fri, 09/02/2018 - 22:15
Submitter's comments:
Thanks!
Comments