Fernando Pessoa - Ogdr45 – Um renque de árvores lá longe, lá para a encosta (Italian translation)

Portuguese

Ogdr45 – Um renque de árvores lá longe, lá para a encosta

Um renque de árvores lá longe, lá para a encosta.
Mas o que é um renque de árvores? Há árvores apenas.
Renque e o plural árvores não são coisas, são nomes.
 
Tristes das almas humanas, que põem tudo em ordem,
Que traçam linhas de coisa a coisa,
Que põem letreiros com nomes nas árvores absolutamente reais,
E desenham paralelos de latitude e longitude
Sobre a própria terra inocente e mais verde e florida do que isso!
 
Submitted by Guernes on Thu, 15/10/2015 - 20:44
Last edited by Guernes on Mon, 02/11/2015 - 12:26
Submitter's comments:

7-5-1914
.
“O Guardador de Rebanhos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa. (Nota explicativa e notas de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1946 (10ª ed. 1993).
.
- 67.
.
“O Guardador de Rebanhos”. 1ª publ. in Athena, nº 4. Lisboa: Jan. 1925.

Align paragraphs
Italian translation

Ogdr45 - Un filare di alberi laggiù lontano, verso il pendio

Un filare di alberi laggiù lontano, verso il pendio.
Ma cos’è un filare di alberi? Esistono solo alberi.
Un filare e il plurale alberi non sono cose, sono nomi.
 
Tristi anime umane, che mettono tutto in ordine,
che tracciano linee da cosa a cosa,
che mettono cartellini con nomi sopra alberi assolutamente reali,
e disegnano paralleli di latitudine e di longitudine
sulla stessa terra innocente e più verde e fiorita di questo!
 
Submitted by Manuela Colombo on Thu, 10/08/2017 - 19:19
Author's comments:

Traduzione di Maria José de Lancastre, in "Fernando Pessoa, Una sola moltitudine” - vol. II, Adelphi, 1984

More translations of "Ogdr45 – Um renque de árvores lá longe, lá para a encosta"
Portuguese → Italian - Manuela Colombo
Comments