Português

Submitted by kyonaute on 24.06.2016

Português (Portuguese) — O coração tem seus motivos que a razão ignora

Portuguese, explained by kyonaute on Fri, 24/06/2016 - 11:59

O coração tem razões que a própria razão desconhece

Português — O coração tem o seu proprio caminho e nem sempre corresponde com aquilo que possa-mos achamos correcto

Portuguese, explained by carneiro on Sun, 05/03/2017 - 22:15

Português — Português do Brasil

Portuguese, explained by Infires Man on Sat, 05/08/2017 - 13:44

Translations of "Português "

DutchHet hart heeft z'n redenen die het verstand niet kent
Explanations:
EnglishThe heart has reasons reason cannot understand
EnglishThe heart wants what it wants
Explanations:
Frenchl'amour a ses raisons que la raison ignore
Explanations:
Requests:
FrenchLe coeur a ses raisons que la raison ne connaît pas.
Explanations:
French #1, #2, #3
GermanDas Herz hat seine Gründe, die der Verstand nicht versteht.
Explanations:
GreekΗ καρδιά έχει τους λόγους της που η λογική τους αγνοεί
Explanations:
GreenlandicChora'a avo' rëson'as itë kë rëson'a n'zo comprëndo'
Explanations:
ItalianIl cuore ha le sue ragioni che la ragione ignora
RomanianInima are ratiunea ei pe care mintea(ratiunea) insasi nu o cunoaste.
Explanations:
RussianСердце имеет доводы, которых не знает разум.
Explanations:
SerbianСрце има своје разлоге, које разум не познаје.
Explanations:
SlovakSrdce má svoje dôvody, o ktorých rozum nič nevie.
Explanations:
SloveneSrce ima svojo pamet, ki je pamet ne pozna.
Explanations:
SpanishEl corazón tiene motivos que la razón no entiende
Turkishaskin mantigini aklin mantigi anlamaz

"Português " in lyrics

Você é formada e sabe tudo e um pouco mais
E eu só toco violão e ainda moro com meus pais
Você fala espanhol, italiano, inglês e francês
Enquanto eu ainda não aprendi o português

Olha só o que o amor é capaz de fazer

Marcos e Belutti - I love you

Nessa mão onde cabia
Perfeito o meu coração

Se um português marinheiro
Dos sete mares andarilho
Fosse quem sabe o primeiro

Amália Rodrigues - Gaivota

Viburninho, viburninho, meu viburninho![fn] "Kalinka" é o diminutivo de Kalina, nome russo da flor Viburnum opulos. Infelizmente, não encontrei um nome que soasse bem em português, e optei por manter o significado.[/fn]
Uma baguinha de framboesa no jardim, minha framboesinha!

Ah, sob os pinheiros, sob o verde,
Me ponha para dormir!
Ai-luli, luli, ai-luli, luli,

Ivan Rebroff - Viburninho

Deus quer, o homem sonha, a obra nasce
Deus quis que a Terra fosse toda uma
Que o mar unisse, já não separasse
Sagrou-te e foste desvendando a espuma

E a orla branca foi

Dulce Pontes - O infante

Duvido que ele tenha
Tanto amor
E até os erros
Do meu português ruim
E nessa hora você vai
Lembrar de mim...

Roberto Carlos - Detalhes

Se siente el calor
E a voz da torcida é a voz da nação

Eu quiero un gol<fn>Uma mistura de espanhol e português juntos</fn>
ôôôôôô
Lo quiero cantar

Gaby Amarantos - La Copa de Todos (Todo Mundo) Español

Sei que tem outro homem
Que conseguiu o que eu jamais dei para você
Um lar, uma família, um bom porvir[fn]<em>porvir</em> (<em>porvenir</em>) em português é um tanto quanto formal e significa: <em>futuro</em>; <em>o que virá/acontecerá adiante</em>.[/fn]
Me perdoe por ter ferido você

Romeo Santos - Odeio

Amar você do jeito que eu te amo é difícil
Imaginar você do jeito que eu imagino é um pecado
Olhar pra você do jeito que eu olho ficou proibido
Te tocar do jeito que eu quero é um crime

Nem sei mais o que fazer

Prince Royce - Beijar Você

Sua voz, a carícia[fn]"Caricia" traduzi com "carícia" mesmo mas pode significar aconchego/afago[/fn] da minha alma[fn]"minha alma", às vezes pode ser encontrado como: "minh'alma", em português[/fn],
não a escuto mais,
seus beijos que roubam minha calma,
não os tenho mais.

O vento traz, hoje, à minha mente

Maya Mishalska - Carícia da minha alma

Nasceu de ser Português
Fez-se à vida pelo mundo
Foi p´lo sonho vagabundo
Foi pela terra abraçado
//: Bem querido ou mal amado
O Fado.://

Mariza - Fado Português de nós

Nessa mão onde cabia
Perfeito o meu coração

Se um português marinheiro
Dos sete mares andarilho
Fosse quem sabe o primeiro

Dulce Pontes - Gaivota

A nossa hora chegou desta ves
E ja se sente o orgulho de ser português
E uma onda que nos faz vibrar
Quando as bandeiras que erguemos se agitam no ar!
Mas vamos ganhar

Ronalda - Portugal Mundial

meu amor na tua mão, nessa mão onde cabia
Perfeito o Meu Coração

Se Um Português Marinheiro
dos Sete Mares Andarilho
fosse, quem sabe, o primeiro

Carlos do Carmo - Gaivota

De grandes profundezas eu te liguei
para que você viesse até mim
Para que o brilho dos meus olhos
pudessem voltar
Isso não é o fim...

The Idan Raichel Project - Mi'ma'amakim (ממעמקים) - Tradução Português

To Fado.
AgnW.

Fado Português de nós - Nasze portugalskie Fado
(Z francuskiego przetłumaczyła DjaGos)

Mariza - Nasze Portugalskie Fado

Eu ri tanto que cheguei a chorar
Eu dancei tanto até me cansar
Eu bebi um pouco de vinho tinto, e agora estou nas nuvens
Me diverti <em>pra valer</em>[fn]essa expressão, em português, traz a ideia de intensidade e, no caso, significa que alguém <em>se divertiu muito</em>, há um sinônimo também: <em>divertir-se à beça</em>[/fn]

[Refrão:] [2x]

Britney Spears - Relaxando Com Você

Eu tava triste
Tristinho!
Mais sem graça
Que a top-model magrela
Na passarela
Eu tava só

Zeca Baleiro - Telegrama

Venho te falar de um sentimento
Algo que só existe em português
Cada dia que passa é mais profundo, baby yeh
Passas a dar valor ao que não vês

Saudade, do teu jeito do teu cheiro, do teu sabor

Angelico - Saudade

O fado nasceu um dia
Quando o vento mal bulia
E o céu o mar prolongava
Na amurada de um veleiro
No peito de um marinheiro
Que estando triste cantava

Dulce Pontes - Fado Português

I
Ó Pátria, Ó Rei, Ó Povo,
Ama a tua Religião
Observa e guarda sempre
Divinal Constituição

National Anthems & Patriotic Songs - Hino da Carta (Hino Monárquico Português, 1834)

Você meu amigo de fé, meu irmão camarada
Amigo de tantos caminhos e tantas jornadas
Cabeça de homem mas o coração de menino
Aquele que está do meu lado em qualquer caminhada
Me lembro de todas as lutas, meu bom companheiro
Você tantas vezes provou que é um grande guerreiro

Roberto Carlos - Amigo (original em português)

Eu fui a Rotcha Scribida [fn]Rotcha Scribida (Rocha Escrevida ou Escrita) é o nome de um local.[/fn]
Fui apanhar três caninhas verdes
Quando voltei não encontrei Mamã Bia [fn]Como em português, Bia é o diminuitivo de Maria.[/fn]

Eu fui a Rotcha Scribida

Cesária Évora - Rocha Escrita

se é que há casas de alguém.

Boa noite senhor King Kong, senhor Asterix e o Taxi Key[fn]Era o detective protagonista da primeira ficção radiofónica de género policialesco em Espanha, que começou a emitir Rádio Barcelona em 1948.[/fn], Roberto Alcázar e Pedrín[fn]É uma história aos/em quadrinhos espanhola criada en 1940 pelo guionista e editor Juan Bautista Puerto e o desenhista Eduardo Vañó Pastor. Presenta duas personagens, Roberto Alcázar, agente da Interpol, e o seu acompanhante Pedrín.[/fn], o Velho do saco, e o Patufet[fn]O Patufet é uma personagem popular catalã, representada por um menino muito pequeno que leva uma grande barretina (o barrete tradicional catalão). É o protagonista dum dos contos tradicionais catalães mais conhecidos e que leva o mesmo nome. A personagem acha-se em contos populares de toda Europa, especialmente no conto Däumling, dos irmãos Grimm.[/fn], senhor Charlot, senhor Obelix.
O Pinóquio vem com a Monyos[fn]A "Monyos" (do espanhol 'moño', que em português quer dizer 'coque') foi uma personagem barcelonesa que no seu tempo bateu records de popularidade na cidade. O seu nome era Lola Bonella, vizinha da rua da Cadena -hoje rambla do Raval- nascida no ano 1851 e que trabalhava de criada e de modista. Parece que um carro de cavalos matou a sua filha e desde entao a senhora Lola enloqueceu e ia pela cidade ausente e sem rumo. Levava os cabelos penteados no alto e com flores que as floristas da Rambla lhe ofereciam. Ia vestida de manera esquisita e a gente batizou-a como a Monyos.[/fn]agarrada do bracinho,
há a mulher que vende balões e a família Ulisses
e o Capitán Trueno[fn]O Capitán Trueno é uma história aos/em quadrinhos de aventuras criada no ano 1956 pelo guionista catalão Víctor Mora e pelo desenhista valenciano Miquel Ambrosio Zaragoza (conhecido como o Ambròs). O protagonista é o capitão Trueno ("Trovão"), um cavaleiro que leva umas armas que tecnicamente são uma brisura das armas da Coroa de Aragão tal como quis o seu criador Víctor Mora.[/fn]em patinete.

Jaume Sisa - Qualquer noite pode sair o sol

Conte com a sorte
Jogue nos cavalos

Fale português
Troque de canal
Peça de joelhos

Titãs - Brasileiro

Alguns às vezes me tiram o sono, mas não me tiram o sonho
Por isso eu amo e declamo, por isso eu canto e componho
Não sou o dono do mundo, mas sou um filho do dono
Do verdadeiro Patrão, do verdadeiro Patrono

- E aí, Gabriel, desistiu do cachê?

Gabriel o Pensador - Linhas Tortas

É preciso mudar e lutar
Eu acredito na força do português
No mundo do português burro no mundo
Porque a grande piada é o Brasil…

Cazuza - Portuga

[Pré-refrão]

[Refrão:]
Nosso amor é que nem XO[fn]Xanthine Oxidase, em português: Xantina oxidase.[/fn]
Você me ama que nem XO
Você me mata que nem XO

Beyoncé - XO

mais feliz do mundo

Agora vivo aquele ditado:
“Quem te viu, quem te vê!” [fn]Verso em português no original.[/fn]

Era uma vez um coração

Mayra Andrade - Lembrança

Vocês são o orgulho da Califórnia,
Vocês são anjos da noite
Agora, guardiões[fn]a palavra “guardião”, em português, possui duas formas no plural: “guardiões” ou “guardiães”.[/fn] do rock ‘n’ roll,
Os responsáveis pela luz

Lana Del Rey - Anjos Para Sempre

É o som nacional, Despe e Siga onda Ska
Ska, Ska, Ska
É o som nacional, Despe e Siga onda Ska
Ska, Ska, Ska

Despe E Siga - Radio Ska

Pelo meu antigo namorado, não daria um dedo
ele que todas as manhãs procura o seu chapéu
procura-o, procura-o, mas não o acha
já que está pendurado na rama duma sarça,
ele procura, ele procura, ah!
mas está pendurado, ah! ah!

Folkestra - O chapéu português (música de filme)

Dona Constança[fn]Dona Constança Manuel, filha de D. João Manuel de Castela; casou com o Infante Pedro I, herdeiro do trono português.[/fn] saiu
de Espanha para Coimbra,
Dona Inês[fn]Inês de Castro foi uma nobre galega, aia de Dona Constança.[/fn] a acompanhava,
sua melhor dama e amiga.
D. Pedro saiu ao encontro
com a sua corte para recebê-las

Carmen Morell - Inês de Castro

Vadia! Por aqui, porquinho. Faça minha <em>haste</em> sumir no seu traseiro, porco
Dupla penetração com você, aqui, porquinho. Ficou com medo, porco?
E por aí vai, porquinho. E na sua[fn]é <em>your backdoor</em> e não <em>my backdoor</em>[/fn] retaguarda é a minha língua, porco
É, esse é o buraco do seu cara no[fn]aqui, acho que seja <em>into my</em> em vez de <em>and to my</em>[/fn] meu esconderijo de gatos[fn]<em>twink</em> é usado (por gays) para descrever um rapaz gay, jovem, de aparência suave, agradável e bonita (não é ofensivo). Achei que “gato” seria uma boa opção em português para isso, ainda que seu uso não seja tão restrito quanto o de <em>twink</em>[/fn] — Continue me chupando
Vá em frente, até a hora de eu <em>aquendar a neca</em>[fn]“tucking” é a ação de esconder o pênis e testículos “para baixo” (entre as pernas), a fim de que não fique um volume à mostra; a prática é comum entre travestis e a partir disso, interpretando o verso (haha), o “eu-lírico” (que seria transexual/travesti) estaria fazendo o rapaz chupá-lo(-la), antes de se arrumar para a noite ;D
Explicações <a href="http://pt.urbandictionary.com/define.php?term=tuck">aqui</a&gt; (inglês) e <a href="http://www.leticialanz.org/como-fazer-o-tucking/">aqui</a&gt; (português).

Willam, Detox & Vicky Vox - Esse Cara é Passivo

Se você fosse decadência eu seria aquele que gosta de grande descidas
E se você fosse fast food eu estaria com uma bunda gorda
(Ah) se você fosse um vazamento eu afundaria
Se você fosse o auto-elogio eu estaria fedendo pra burro[fn]Provérbio "Einglob stinkt" é literalmente traduzido para "Auto elogios fedem" em português o ditado diz "Elogio em boca própria é vituperio (ato vergonhoso)"[/fn]
Se você fosse o lago grande [fn]Um pântano na Alemanha[/fn] eu me afogaria pra valer
E tanto faz o quão pequena você fosse, algum dia eu iria te encontrar

Cro - Ei Garota

Eu podia chamar-te pátria minha
Dar-te o mais lindo nome português
Podia dar-te um nome de rainha
Que este amor é de Pedro por Inês.

Carlos do Carmo - Uma flor do verde pinho

Odeias o teu trabalho?
Apaixonas-te muito facilmente?
Qual é a tua palavra favorita?
Gostas de beijar raparigas?[fn]"Raparigas" em português de Portugal é o mesmo que "garotas" no Brasil.[/fn]
Posso te chamar bebé?
Sim, sim

Mary Lambert - Ela mantém-me quente

Eu vi estações virem e irem
De sol hibernal a neve estival
Esta não é minha primeira vez no rodeio

A natureza não é um caça-níquel
Ela tem que manter suas fichas limpas

Marina and The Diamonds - Froota

Sozinha lembrando
enquanto os segundos passam
não sei como poderei te esquecer
cai a chuva na janela
desenhando o seu olhos
um istante é uma eternidade

Belinda - Luz sem gravidade (português Brasileiro)

E a audácia do jovem Xicohténcatl
E a indomável força de Tlahuicole
São o legado que dão fôlego à nossa raça
Na nossa heroica[fn]Regra de ortografia: “heroico” perdeu o acento de acordo com a ortografia mais recente (antes: heróico)[/fn] aspiração[fn]a palavra “afã” (significa: anseio, aspiração, desejo) existe em português, mas, particularmente, nunca a vi em outros lugares.[/fn] por liberdade!

<strong>III</strong>

Mexican State Anthems - Hino a Tlaxcala

Você não quis tentar me ajudar
Então, a culpa é de quem? A culpa é de quem?

Eu canto em português errado
Acho que o imperfeito não participa do passado
Troco as pessoas

Legião Urbana - Meninos E Meninas

Eu sou brasileira
e já arranho o português.
Cheguei vai para uma semana
e já me viro com freguês:
"Tem feijão, favas, sardinhas,
bacalhau, chouriço assado

Deolinda - Garçonete da casa de fado

Verduras, verduras, nada além de verduras:
Salsinha, pimentas, repolhos e aipos,
Aspargos e agriões e
<em>Fiddleheads</em>[fn]não achei um termo em português para esse vegetal, acredito que seja parecido com os aspargos.[/fn] e alface
Ele disse: “Tudo bem”
Mas não estava, não completamente,

Into the Woods (OST) - Prólogo: Para a Floresta

Dançando na ponta dos pés
Minhas próprias cerimônias secretas
Antes que o funeral começasse
No cemitério, ficando de cabeça para baixo[fn]Há um equivalente em português: "plantando bananeira"[/fn]

E eu ouvi sua voz

Florence + The Machine - Mesmo Que Só Por Uma Noite

Ah, irmão
Me diga que você compreende

Eu disse algo que não devia?[fn]<em>hit a raw nerve</em>: essa expressão significa o mesmo que <em>cutucar a ferida</em>, em português, ou como na tradução, que não deixam de ter um significado próximo (falar de um assunto inconveniente/incômodo para alguém); e, quanto ao título, deixei o que <em>raw nerve</em> significa literalmente, mas, figuradamente, significa <em>o ponto fraco/sensível de alguém</em>.[/fn]
Eu disse algo que não devia?
Eu tenho um toque suave?

Depeche Mode - Toque Suave / Nervo Exposto

Vestido de rendas, lenço e chapeu
Naquele salão dançava, dançava
Rapariga[fn]rapariga em cabo-verdiano e em português de Portugal tem somente o sentido de moça ou garota; não tem o sentido brasileiro[/fn] nova, cheia de virtude

Uma valsa para a minha avozinha

Cesária Évora - Flor no Paúl

Eu sinto que você desnuda a minha mente
Quando me dá um beijo na testa
Me diga se eu trago marcas do passado<fn>'Ayer' em Espanhol se traduz como 'Ontem' em Português, mas achei que usar 'passado' ficaria mais bonito/poético</fn>
Apenas ao tocar suas mãos
Eu posso te revelar a minha alma

Adriana Mezzadri - Marcas do Passado

Esse amor demais antigo
amor demais amigo
que de tanto amor viveu
que manteve acesa a chama
da verdade de quem ama
antes e depois do amor

Roberto Carlos - Amada Amante (em português)

Alguém que Deus já lá tem
Pintor consagrado,
Que foi bem grande
E nos fez já ser do passado,
Pintou numa tela
Com arte e com vida

Amália Rodrigues - Fado Malhoa

Saí pra tomar três
Era só três
Saí pra tomar três
E voltar às onze
Acabei tomando onze e voltando às três
Saí pra tomar três

Ana Carolina - Pra Tomar Três

Outro Dia Mais
Acho que o maior desejo
Que tenho é voar

A mente me ajudaria
A chegar perto de ti

Lodovica Comello - Português

Essa é a primeira vez que isso se passa comigo
Você me eriça todo, perco meus cinco sentidos
Invento mil e uma atrás de fazer amor e você
Somente sabe dizer: "O que se passa contigo?
Você só pensa em sexo!"

Franco De Vita - Sexo (Versão Português)

Mas, entenda, crie ânimo e tente,
Por favor

Com você, não se trata de um simples namoro[fn]para “hooking up” aqui caberia a conotação do verbo “ficar” em Português (significando: namorar sem grandes compromissos e também sem uma expectativa de que dure por muito tempo), assim o verso ficaria: <em>Com você, não se trata apenas de ficarmos</em>/<em>não basta que apenas fiquemos</em>[/fn]
É algo a mais, é amor de fato
Então me permita provar pra você, pra mim que você é especial

The Fooo Conspiracy - De 97 Maneiras

Meu amor na tua mão
Nessa mão onde cabia... perfeito, o meu coração

Se um português marinheiro
Dos sete mares, andarilho
Fosse, quem sabe, o primeiro

Katia Guerreiro - Gaivota

Mas na noite da ira nem tudo é assim, e a esposa não é esposa, e a alma não é amada,
E o bando de morcegos desdobrou as asas.

Príncipe[fn] "Príncipe" não é uma tradução direta para "Knyaz". Primeiramente, é um título eslávico encontrado na maioria das línguas eslavas. É usualmente traduzido em português como Príncipe, na tradução de livros de Dostoiévski, Tolstói e outros escritores russos antigos. Mas o termo não representa uma tradução suficientemente acurada, porque "knyaz" é derivado do protogermânico "kuningaz" (rei). Em segundo lugar, "Knyaje" é um vocativo, a forma que usamos para chamar alguém, que quase desapareceu do russo moderno, mas tem parte essencial no significado dos contos de fada e tempos muito antigos (nota adaptada da tradução para o inglês de Hramko). [/fn] meu, príncipe,
Um fio de seda
Eu fui largando pra mim pelo caminho até os teus portões.

Melnitsa - Príncipe

Quando ele passa, o marujo português
Não anda, passa a bailar, como ao sabor das marés
E quando se ginga, põe tal jeito, faz tal proa
Só para que se não distinga se é corpo humano ou canoa.

Chega a Lisboa, salta do barco num salto

Mafalda Arnauth - Marujo Português / Rosinha Dos Limões

Eu podia chamar-te pátria minha
Dar-te o mais lindo nome português
Podia dar-te um nome de rainha
Que este amor é de Pedro por Inês

Mas não há forma, não há verso, não há leito

Mafalda Arnauth - Flor de Verde Pinho

( Refrão: )
Fala-me de tu
Não sou ninguém no teu destino
Apenas quem pede boleia [fn]Carona, em português do Brasil.[/fn]
E sabes isso
Três horas para nos conhecermos um ao outro

Slava - A boleia

Ó português, pare de uma vez
De se queixar assim
Da sua sorte ruim
Eu que sou filho daqui, sou camelô
E você vem das Portugas, querendo ser doutor
Mas que horror

Tom Zé - Camelô

Um <em>spike strip</em>[fn]não consegui descobrir como ficaria <em>spike strip</em> em português, mas são aqueles pregos presos num suporte de metal que são usados para furar pneus, costumam aparecer em filmes e jogos… Veja imagens: <a href="http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/65/US_Army_spike_strip.j...; e <a href="http://worldonline.media.clients.ellingtoncms.com/img/photos/2003/09/22/...] não vai nos deter, porque temos um super carro[fn]<em>tight whip</em> é uma gíria para se referir a um carro veloz, potente e, em geral, de luxo (caro).[/fn]
Vrum, vrum
Todos querem dar uma volta com a gente
Você sabe que somos nós quando aparecemos, você sabe como rola
Sem dúvida, viemos para arrasar a sua cidade
Vendido! Esgotado! Mas que pena!

The Fooo Conspiracy - Mala

Pode me largar
Que eu tenho pressa
Não me interessa
Sua beca
Ou seu perfume francês
Meu corpo agora

Zélia Duncan - Assim Que Eu Gosto

Eu estava fora das bases<fn>Não consegui achar algo que significasse 'bowl out' em Português, então traduzi assim</fn>
Eu fui machucado para você ter vantagem<fn>Traduzi o significado dessa expressão, que encontrei nesse site: http://www.macmillandictionary.com/dictionary/british/sell#sell-someone-...;
E o coração quente dela
Sempre me enlouquece
Ela me enlouqueceu

Simply Red - Uma Nova Chama

Eu não me vi passando o resto da vida
Com minha cabeça afogada em vergonha, não é mesmo
Eu posso ter nascido como um lixo
Mas sou chique como meu nome<fn>O nome da personagem principal da canção é "Fancy", que em Português significa 'chique'. É um jogo de palavras bem pensado.</fn>

Essa é sua única chance, não me desaponte.

Julia Murney - Fancy

Avisa a tristeza que o amor voltou
Pro ninho

Candeeiro <fn>Candeeiro é o mesmo que "Luminária", porém em Português europeu</fn> da saudade
Que a noite clareou
A lembrança do seu carinho

Thais Macedo - Candeeiro da Saudade

Luyanna haha
Adiós amor
Amor quiero probar tus labios
Y el sabor de tu cuerpo
Amor mi destino es junto a ti
Solo este camino, camino

Luyanna - Amor, Amor (Versão Português)

Se faltam quatro para as seis ele está pronto a sair
Embaixo espera seu táxi, tráfego e a cidade
Os anos passam assim ele pra lá e pra cá
Atrás de uma vida fácil o que ele quer é cantar

Meio poeta ou artista faz sua própria canção

Franco De Vita - Louis (Versão Português)

Tem gatos miando á lua
Nos telhados em Janeiro

Tudo ali é português
Tudo lá, vive contente
Vive o pobre e o burguês

Aldina Duarte - A Rua Mais Lisboeta

Reconheci... a Madonna ali parada no jardim
Não resisti... fui perguntar o que ela achava de mim
Eu não sei falar inglês
Ela não entende uma palavra em português
I saw you saying that you say that you saw
I saw you saying that you say that you saw (I fell good)

Autoramas - I Saw You Saying (That You Say That You Saw)

Yo te amare
Mi corazón te dare

... um beijo na praia
E acabar com todas mentiras

Luyanna - Amare (Versão Português)

Ela é um peixe e ele, um garoto
Lunemoto[fn]a palavra <em>lunemoto</em> existe em português (consta no VOLP, pelo menos) só não estou certo se é esse o seu significado: se um abalo sísmico na Terra se chama <em>terremoto</em>, na lua talvez seja <em>lunemoto</em> [/fn], lunemoto
Eu quero nadar no Lago Lunar
Agora, eu estou acordada o tempo todo

Sia - Lago do Lunemoto

Me enamoré de ti
Do teu sabor
Meu poderoso amor
Que senti ardor
Quero te amar
Sem fantasiar

Luyanna - Me Enamoré de Ti (Versão Português)

A problemática colocação de um mastro
para efeitos de enfeitar a avenida
com balões dependurados, papelinhos coloridos
trouxe o insólito sarilho à autarquia.

É que esta idealidade

Deolinda - A problemática colocação de mastro

Fria que nem pedra, fria que nem pedra
Você está dançando com ela, enquanto estou encarando meu celular
Fria que nem pedra, fria que nem pedra
Eu era sua prata[fn]Na letra original, a cantora diz "âmbar", mas como achei que esta não é uma palavra muito utilizada em português decidi mudar para prata (mantendo o sentido original da letra de que a 'nova garota' vale mais, já que ouro vale mais do que prata).[/fn], mas agora ela é o seu ouro

[Refrão]

Demi Lovato - Fria Que Nem Pedra

Talvez, talvez,
Eu não seja contemporânea.
Talvez, talvez,
Eu seja até supersticiosa.

Só que pra mim realmente parece,

Gelena Velikanova - Um fiozinho (Talvez)

Transe de violência
Vaidade demente
Guerras à nossa espreita
Restos à nossa frente
Que ferramenta

Zélia Duncan - Braços Cruzados

Nessa mão onde cabia
Perfeito o meu coração.

Se um português marinheiro,
Dos sete mares andarilho,
Fosse quem sabe o primeiro

Cristina Branco - Gaivota

<ol class="footnotes">
<li class="footnote" id="um">Portadores de vírus</li>
<li class="footnote" id="dois">Uma possível referência a Janez dežele (em inglês: John Lackland; em português João Sem-Terra)</li>
<li class="footnote" id="tres">O Acordo de Schengen é uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas.</li>
</ol>

Zaklonišče prepeva - Asilo para Hasan

Ela é muito agradável, agora mova essa luz
Você sabe o que eu estou dizendo!

K é de 'coração gentil'<fn>Não lembrei de nenhum adjetivo com a letra K em português, então usei um substantivo com C para brincar com o som das letras</fn>
E é de 'exemplar'
A é de 'a qualquer custo'

The Powerpuff Girls (OST) - Keane

Balance-o, balance

Levei um baterista pela mão
Até a caixa de som[fn]Como não existe uma tradução direta de jukebox para o português, eu pus caixa de som, que achei que se encaixava melhor no contexto. Caso não saiba o que é uma jukebox, pesquise no Google Imagens.[/fn], e aí
Fomos pra pista
Com o seu broche da Van Halen[fn]Uma banda de rock.[/fn]

Lady Gaga - Balance O Seu Bichano

Calmaria, o vento está quieto,
A gaivota branca caiu no fundo.
Calmaria, nosso navio está esquecido,
Sozinho no mundo paralisado pelo sonho.

Entre todos os tempos,

Ariya - Calmaria

<em>[Português]</em>
Gira moinho as horas do girassol
Estrangeiro no mar, outras índias e ribeirões.
Terra à vista, vigia do meio do mato
Os olhos do gato, platéia da invasão.

Daniela Procópio - Quase Lenda (Uma Opereta Tupiniquim)

Não banque a boba, América[fn] Referência aos Estados Unidos, não ao continente americano[/fn]!
Pegue essas valenki[fn]Botas de lã ou feltro, usadas às vezes por cima de outras, tradicionais vestimentas russas de inverno[/fn] você deve estar congelando.
Que Sibéria, que Alasca! São só duas margens:
Banya[fn]Uma espécia de sauna tradicional russa[/fn], vodca, sanfona e salmão.
Banya, vodca, sanfona e salmão.

Lyube - Não banque a boba, América!

É, eu ainda acredito

E todas aquelas coisas que eu não falei
Máquinas de demolição[fn]No sentido literal, a cantora diz ''bola de demolição'', que é um aparelho utilizado para demolir construções. Como este termo não é utilizado em português, o substituí por máquinas.[/fn]dentro da minha mente
Eu vou gritar bem alto para eles esta noite
Dá para ouvir a minha voz dessa vez?

Rachel Platten - Canção de Guerra

neˈɡɾeʃkʊ miɾaˈbɛw ˈkɾemi ˈkɾakeɾi[fn]Uma transcrição fonética mais próxima do inglês (não aportuguesada) poderia ser [ˌkɹɪm ˈkɹækə][/fn] traˈkĩːnɐʃ

ˈɔɾeo ˈbono ˈɡlobʊ majˈzenɐ i mɐˈɾjɐ / wat[fn]Em inglês, ‘<em>what</em>’ pode ter várias realizações diferentes, como: [wɔt]~[wɒt]~[ʍʌt]~[wʌt]~[wʌˀ] etc.[/fn]
ˌsawˈdad͡ʒiʃ dʊ ˈfɔfi kʊˈmiɐ ˈtodʊ d͡ʒia / ə̃hã[fn]As realizações de [ã]~[ɐ̃]~[ə̃] são muito próximas em português brasileiro (acredito que devam ocorrer em variação livre em algumas posições).[/fn]

viˈɛɾãw̃ peɹɡũⁿˈta ˌd͡ʒʊˈd͡ʒu kʲe ki ˈvose ˈaʃɐ

Jout Jout - Biscoito [biʃ.ˈkoj.tʊ]

E se quiseres, podes descobrir o amor.
Com mãos leves a obscuridade nos abraçará,
Ela irá atrás de nós nessa hora mágica
Hora encantada, hora encantada...[fn]A tradução literal seria "hora de contos de fadas", mas em português "encantada" soa mais musical e capta, basicamente, o significado.[/fn]

Como se em sonho, como se na floresta,

Nastya Poleva - Noite de Vidro

Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido
Palavras de amor como eu falei mas eu duvido
Duvido que ele tenha tanto amor
E até os erros do meu português ruim
E nessa hora você vai lembrar de mim

Erasmo Carlos - Detalhes

O fado nasceu um dia
Quando o vento mal bulia
E o céu, o mar prolongava.
Na amurada dum veleiro
No peito dum marinheiro
Que, estando triste, cantava

Katia Guerreiro - Fado português

Sim, você sabe que estava admirando você
Tenho que dançar com você hoje
Vi que os seus olhos estavam me chamando-me
Mostre-me o caminho que eu vou

Você, você é o ímã, eu sou o metal

Netto Gasparzinho - Lentamente (Despacito - Versão Português)

Porque você nunca, nunca, nunca amou, baby

Mas querida, eu ainda levaria uma granada por você (yeah, yeah, yeah)
Botaria minha mão no fogo[fn]A tradução literal deste trecho seria "colocaria minha mão numa lâmina", mas substituí por esta expressão em português que acho que se encaixa melhor.[/fn] por você (yeah, yeah, yeah)
Pularia na frente de um trem por você (yeah, yeah, yeah)
Sabe, eu faria qualquer coisa por você (yeah, yeah, yeah)

Bruno Mars - Granada

Só mais uSó mais um segundo a teu lado
Quando te vejo, sonho acordado
És minha tentação, meu pecado
O teu andar me deixa fascinado

As formas do teu corpo decorado

David Carreira - Boom (Versão Português)

They know what is what
But they don't know what is what
They just strut
What the fuck?

Uma tigresa

Katy Perry - Swish, Swish (Versão Português)

O vento de primavera espalha[fn]estou um pouco em dúvida com o significado de “áraszt”, me parece ser dialetal, e o que encontrei segue mais ou menos o mesmo sentido; o que caberia em português poderia ser: espalha, flutua, esvoaça, tremula; transborda (como foi usado nas outras duas traduções aqui — inglesa e francesa).[/fn] a água,
minha flor, minha flor;
O vento de primavera espalha a água,
minha flor, minha flor;

Todo pássaro escolhe a sua companhia,

Kolompos - O Vento de Primavera Espalha a Água

Meus pêsames
Derramei lágrimas com sua família
Vou abrir uma garrafa
Derramar um pouco na sua memória
Vou estar ao seu despertar vestida toda de preto
Vou chamar seu nome mas você não vai responder

Melanie Martinez - Morto Para Mim

[Verso 1]
Vou me levantar na pista de dança esta noite
Eu tenho dois pés esquerdos e uma garrafa de vinho tinto
Fazendo me sentir como o ritmo e a linha de baixo
Estão no meu sangue, ambos as mãos para cima na sua cintura
Levante-se, querida, dança ao ritmo da música

Ed Sheeran - Barcelona (A Versão em Português)

E se não for fado
Mas trouxer a voz do mar
Que deixa o cheiro salgado
À beira do meu olhar.

E se não for triste

Mafalda Arnauth - E Se Não For Fado

Sacrifícios e preces, Senhor, panegíricos, ofertamo-Lhos.
Vós[fn]<em>tu</em> é singular em latim, mas em português costuma-se referir a Deus com o plural 'vós'[/fn], contemplai-os em virtude das almas às quais hoje fazemo-nos rememorosos.
Faça-as, Senhor, da morte transporem à vida,
a qual certa vez prometestes[fn]<em>tu</em> é singular em latim, mas em português costuma-se referir a Deus com o plural 'vós'[/fn] a Abraão e à sua raça.[fn]<em>sēmen, ĭnis</em>: (figurado) causa; raça, descendência/descendente[/fn]

Liberte as almas de todos os fiéis defuntos das dores infernais;

Giuseppe Verdi - Ofertório

Olá velho diga-me como você está <fn> Eu estou utilizando o português do Brasil. Portanto, eu uso você. Em Portugal se diz "Olá velho diga-me como estás". </fn>
Os anos passam e nós não falamos novamente.
E eu não quero que você pense
Que eu me esqueci de você

Eu por meu parte não me posso queixar

Enrique Iglesias - Quiçá

Coisas atrás da cortina que estou cansada de ter que esconder
Na próxima vez em que você estiver sozinho, pensa rápido quando for pegar o telefone

Cinzas, cinzas, hora de cair[fn]Este verso faz uma referência à uma canção infantil de domínio popular em inglês, "Ring Around the Rosie". Ela é cantada em uma brincadeira enquanto as crianças giram em um círculo de mãos dadas, similar à "Ciranda, Cirandinha" em português. A letra da canção infantil é:
.
"Ring around the rosie;

Melanie Martinez - Leite e Biscoitos

Ô mulher
Vem fazer as malas
É preciso caminhar
Pras outras bandas do mundo
Lá pras terras de além - mar
Cantar, sorrir, curtir, amar e desanuviar<fn>Tranqulizar</fn>

Martinho da Vila - Fazendo as Malas

Sem o teu amor eu morro.

Eu sou o rei do falsete
E também o rei do son,[fn]O son (no caso, son mexicano, ou seja, em português, som mexicano) é um estilo de dança e música mexicano que engloba diversos gêneros regionais. O termo "son" também serve para designar estilos musicais e de danças não-relacionados ao son mexicano, como o "son cubano", por exemplo.[/fn]
Gosto de cantar huapangos[fn]O huapango é um estilo de música e dança oriundo do México.[/fn]
E de consolar corações.

David Záizar - O Rei do Falsete

Este ano há eleições vai dar berro!
País da marrabenta dança pandza e é verdade
Meu patrão é um chinês e é verdade
Gestor é português e o nacional na verdade
É quem tudo faz mas não lhe valorizam de verdade
Manifestação é direito cancelado

Iveth - Nhandayeyo

Com que roupa que eu vou
Pro samba que você me convidou

Seu português agora deu o fora,
Já foi-se embora e levou seu capital.
Esqueceu quem tanto amou outrora,

Noel Rosa - Com que roupa?

Vem, vem, vem
Vem pra o Brasil
Vem, vem, vem
Vem pra o Brasil
Vem, vem, vem
Vem pra o Brasil

Alaska Thunderfuck - Vem Pra o Brasil

Por muito que se disser
O fado não é canalha
Não é fadista quem quer
Só é fadista quem calha

O destino é linha recta

Amália Rodrigues - Fado da Adiça

Seus braços são como asas
As asas de um pássaro solitário

Hoje, as moças escolhem o parceiro, nós dançamos [fn] Eu não consegui encontrar uma tradução direta para o português, só o inglês "ladies' choice dance", que é quando as mulheres tiram um homem para dançar.[/fn]
Talvez nós fiquemos amigos
E à noite, ficaremos juntos

Mr. Credo - Balada

Na ilha de Santiago
Tem Séma Lópi[fn]Nascido em 1941, Simão Tavares Lopes, carinhosamente chamado por Sema Lopi, era um agricultor de 72 anos que se tornou num exímio tocador de gaita e compositor do funaná. O seu repertório integra alguns temas emblemáticos, entre os quais "Corpo e di Tchon e alma di Cristo" e "Sema Lopi tem quatro fidjo fema".[/fn], tem Catchás[fn]Carlos Alberto Silva Martins, conhecido com o nome de Katchás, nasceu em 8 de agosto de 1952 em Renque Purga, perto de Pedra Badejo, um vilarejo de pescadores na ilha de Santiago. Naqueles anos, Cabo Verde, como outras colônias africanas, estava em plena guerra da libertação. Até 1975 o funaná era relegado à clandestinidade pelo regime colonial e executado simplesmente com a gaita e o ferrinho, uma barra metálica ondulada, raspada com uma faca. Katchás, na intenção de levar o funaná para fora do ambiente rural para que fosse conhecido também nas cidades, introduz instrumentos eletrônicos e amplificadores e em 1978 dá vida ao grupo musical Bulimundo. Como o próprio Carlos Alberto Martins recordou muitas vezes, o funaná em 1980 não era ainda considerado música. O grupo Bulimundo, do qual era o líder, em poucos anos passaria a ser conhecido primeiro em Praia e depois em todo o arquipélago. Katchás é unanimemente considerado o músico que realizou a maior revolução no campo musical em Cabo Verde, fazendo do funaná, juntamente com a morna e a coladera, um dos gêneros mais importantes da música caboverdiana. Morreu aos 26 anos, em consequência de um acidente automobilístico.[/fn],
Djirga[fn]De seu nome de baptismo Gregório Xavier Pinto(1936-), Djirga nasceu em Chã-de-Areia, em 1936. Criador artístico multifacetado, com conhecimento de teoria musical, Djirga não ficou somente por mornas e coladeiras, músicas da época, por excelência. Compôs, igualmente, samba e marcha do tipo brasileiro, funaná, canções ao estilo português, hinos religiosos e concorreu com letra e música ao concurso lançado em 1992, para a substituição do então hino nacional.[/fn], Bilocas[fn]Abílio Sereno Barbosa Évora (1983-1988), artisticamente conhecido como Biloca, foi um compositor de obra pouco extensa mas com temas marcantes, que ficaram no memória do público, embora muitas vezes gravados sem a indicação da autoria ou em nome do outros. A popularidade das suas koladeras alegres deve-se em parte às gravações da cantora Nanda, que no seu único single, no início dos anos 70, incluiu Maninha Nha Carlota e Bô dam canja, esta última em dueto com o próprio compositor, naquele que é o seu único registo editado, e que é incluído, entre outros artistas, em Musica de Cabo Verde nº 1, LP editado pela Valentim de Carvalho na mesma altura. Apontado como excelente tocador de guitarra portuguesa, instrumento de que gostava particularmente, participou do grupo Bonjardim, fundado por Ano Nobo em S. Domingos.[/fn], Ney
e Ntóni Dente d'Oro[fn]António Vaz Cabral (1926-), mas conhecido por Ntoni Denti D´oro, nasceu em 1926, no concelho de São Domingos e iniciou com 10 anos de idade começou a dedicar-se ao batuku e ao finaçon, tendo como mestre Miranda Tavares. Ao logo da sua vida nunca abandonou esta expressão musical e cultura peculiar da Iha de Santiago, tanto que hoje está entre os poucos a dominar os segredos desta arte e são muitos os jovens que recorrem a ele e se enriquecem, na tentativa de evitar o desaparecimento do batuku. Proveniente de uma família pobre de lavradores, desde criança foi muito ligado ao seu país e à sua cultura, o que faz dele hoje um personagem de muito destaque no ambiente cultural, especialmente em tudo que se refere ao batuku, uma das expressões musicais mais antigas de Cabo Verde. Durante vários, anos percorreu toda a ilha de Santiago, assim como outras ilhas de Cabo Verde, animando as festas populares, os batizados, noivados e casamentos. Em 1973, tentou a sorte no exterior, mas a 25 de Abril de 1974, decide retornar a Cabo Verde para esperar pela independência do Cabo verde, que viria a acontecer a 05 de Julho de 1975. Após o lançamento de seu primeiro disco em 1998, Ntoni Denti d´oro retornou à Europa e Viajou também para os Estados Unidos para promover o seu trabalho.[/fn] lá do fundo de São Domingos

Mayra Andrade - A Ilha de Santiago

Inusual seria você ver colar e poder também desfrutar
Da música que o Mc Bomgo está fazendo com laguna pai
Essa é toda verdade
Português ou espanhol o idioma é somente, totalmente, um detalhe
Porque você já está careca de saber
Que se não for real vagabundo assim não vale

Laguna Pai - Vamos Con Fe

Se você vier me perguntar por onde andei
No tempo em que você sonhava
De olhos abertos, lhe direi:
Amigo, eu me desesperava
Sei que assim falando pensas
Que esse desespero é moda em 76

Belchior - À Palo Seco

Tô viajando na onda dessa menina
Que dá aula de inglês
Toma vinho português
E vive rindo da minha ignorância
Mas a minha tolerância vai fundir a sua cuca

P. O. Box - Papo de Jacaré

Ah, o fado! Torturado!
Tão magoado!
Quem te fez?
Ah, o fado!
Não sei quem é!

Amália Rodrigues - Não Sei Quem és

Conheci um jovem de Donegal
Avante, avante! [fn]Por organização e falta de expressões condizentes em português, usei apenas uma palavra para englobar os significados literais que são:
heave away = tipicamente dito antes de partirem, era um comando dado aos membros da tripulação responsáveis por controlar o cabrestante de uma embarcação para puxar com força a corda da âncora e zarparem.
haul away = basicamente a mesma coisa, puxar com força.[/fn]

Ye Banished Privateers - Annabel

Uma canção que não quer dizer nada
Você não fala mesmo português
Um monte de palavra improvisada
Cantada

Bïa Krieger - Bilingue

Liberdade é a habilidade de viver no silêncio. Depois vem essa escuridão ilusória que me
Acompanha ao caixão amoroso. Nunca vou traduzir estas palavras ao inglês porque eu tenho
Muito medo. Traduz se quiseres ao francês... sim... e ao italiano também... e ao
Português brasileiro... e quando te escapares podes traduzi-lo ao português europeu...
Somente te peço a vocês, tradutores, uma coisa minúscula. Quando lerem... adicionem um pouco
De amor e esperança a esta nação de sentimentalistas órfãos... eu vou a outro

O.A. Ramos - Um monólogo urgente

Passam meses e conto os dias
Recordacoes de melancolia
Aquelas noites que sonhamos,
que juramos repetir

Onde estão?, Onde estão?, Onde estão?...

Ana Malhoa - Onde Estão (Dónde Están - Versão Português)

Lá vem, lá vem
Os nossos maravilhas
Os endiabrados
Campeões das ilhas
Não há, não há
Não há, outro igual

Football Anthems Portugal - Anthem of Club Sport Marítimo

Rapazes do Nacional
Cantai a nossa Marchinha
Cantai com todo o calor
Pra animar nossa gentinha

Defendemos nosso brio

Football Anthems Portugal - Anthem of Clube Destivo Nacional

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Fernando Pessoa - Msg29 Mar Português

Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.
Deus quis que a terra fosse toda uma,
Que o mar unisse, já não separasse.
Sagrou-te, e foste desvendando a espuma.

E a orla branca foi de ilha em continente,

Fernando Pessoa - Msg20 O Infante

Não foi nem santo nem herói,
Mas Deus sagrou com Seu sinal
Este, cujo coração foi
Não português mas Portugal.

Fernando Pessoa - Msg37 Os avisos - O Bandarra

Não me faças mais sofrer
Encontrar
Desde pequena dolores sonha em
Um português com olhos cor de mar
Ninguém entendia o porquê da maluqueira
Que tinha pelo outro lado da fronteira

Luísa Sobral - Xico

Mas também fui independentista, revolucionário intelectual, mafalalista
deu lugar a Craveirinha passando por Noémia, de Sousa
quem disse que a minha vida é só boémia
Na tuga o assimilado, português de segunda
Na terra condenado à mecânico ou prostituta
Ninguém vence a minha luta,

Azagaia - Cães de Raça

O esforço é grande e o homem é pequeno.
Eu, Diogo Cão, navegador, deixei
Este padrão ao pé do areal moreno
E para diante naveguei.

A alma é divina e a obra é imperfeita.

Fernando Pessoa - Msg22 Padrão

Eis-me aqui, um velho em tempo de seca,
Um jovem lê para mim, enquanto espero a chuva.
Jamais estive entre as ígneas colunas
Nem combati sob as centelhas de chuva
Nem de cutelo em punho, no salgado imerso até os joelhos,
Ferroado de moscardos, combati.

T. S. Eliot - Gerontion (em português)

Inutilmente eleita,
Virgemmente parada;

Porque é do português, pai de amplos mares,
Querer, poder só isto:
O inteiro mar, ou a orla vã desfeita —

Fernando Pessoa - Msg14 As quinas - D. João, Infante de Portugal

<strong>Dj Damost</strong>
Heeeeyyyyy
Uh,uh,uh
Moza, Moza, Moza, Moza, Moza
OK, tome nota mano
Heyyyy, Dice

Dice - Dumbanengue

E sorri a quem me julgou
Eu me recuso
Envelheci anos em um momento
E perdi tudo quanto<fn>'Tudo quanto' não é uma construção usual no português. Em contextos formais, como a Bíblia, ela está presente. Usamos 'tudo isso' ou simplesmente 'tudo' para dizer a mesma coisa</fn>
Em um dia

Lighea - Ho (Português)

Tu partiste o meu coração
Mas meu amor, não há problema,
não, não
Agora posso presentear
Um pedaço pra cada menina
Só um pedacinho

Maluma - Coração

Vamos todos cantar de coração
A cruz de malta é o meu pendão
Tu tens um nome do heróico português
Vasco da Gama, a tua fama assim se fez.

Tua imensa torcida é bem feliz

Football Anthems Brazil - Hino do Vasco da Gama

Nessa mão onde cabia
Perfeito o meu coração

Se um português marinheiro
Dos sete mares andarilho
Fosse quem sabe o primeiro

Maja Milinkovic - Gaivota

Escrevo meu livro à beira-mágoa.
Meu coração não tem que ter.
Tenho meus olhos quentes de água.
Só tu, Senhor, me dás viver.

Só te sentir e te pensar

Fernando Pessoa - Msg39 Os avisos - Escrevo meu livro…

Busco teu olhar entre tantos olhares
Entre tanta gente eu entristeceu
E a vida ficou pressa nessta pagina
E o argumento é você

Meu caminho é um mundo imaginário

Chayanne - Simplesmente (Simplemente - Versão Português)

Gostaria de dizer que te desejo o melhor, mas é mentira
Não esquecerei, nem perdoarei

Não vou te escrever um poema, uma confissão[fn]Ode, em português, também é ode, mas como a palavra é pouco usada na atualidade, substitui por algo mais próximo[/fn]
Ou uma música, mas sim uma declaração de guerra
Uma história contada desde os primórdios da criação

The Dark Element - Morreu Para Mim

Dia melancólico aquele[fn]Lacrimoso(a) é a palavra mais direta para lacrimosa, no português, porém como é pouco usada, utilizei um sinônimo mais próximo (melancólico)[/fn]
No qual renascerá das cinzas
O homem acusado para ser julgado.
Portanto, sede tolerante com ele, Deus:
Piedoso senhor Jesus,
Dai-lhes repouso.

Wolfgang Amadeus Mozart - Melancólico

Eu quero ver
Lasha tumbai[fn]Soa como "Russia goodbye", em português, "Adeus, Rússia"[/fn]
Eu quero ver
Lasha tumbai[fn]Soa como "Russia goodbye", em português, "Adeus, Rússia"[/fn]
Eu quero ver

Verka Serduchka - Dançando Lasha Tumbai

Antes do fim do mundo, despertar,
Sem D. Pedro sentir,
E dizer às donzelas que o luar
É o aceno do amado que há-de vir…

E mostrar-lhes que o amor contrariado

Miguel Torga - Inês de Castro

Deixa eu me levantar pra te dizer[fn]a música conta a história de um conflito entre os habitantes de Santiago e os de São Vicente, as duas ilhas mais importantes de Cabo Verde durante o tempo do colonialismo português sobre o território. Historicamente, as pessoas de Santiago teriam supostamente desenvolvido um complexo de inferioridade para com os residentes em São Vicente, que se sentiam superiores. O porto, com sede em Mindelo, principal cidade de São Vicente, atraiu mais atenção dos europeus, o que transformou a cidade em um lugar próspero, enquanto que em Santiago as coisas eram um pouco mais complicadas. Além disso, as pessoas em Mindelo passaram por um processo de miscigenação que resultou no clareamento da população, enquanto em Santiago a maioria da população era negra. Os efeitos desse senso de rivalidade podem ser sentidos até hoje, exceto que, para a nova geração de cabo-verdianos, refere-se a isto como algo cômico, motivo de piadas. Na letra, é alguém de Santiago quem diz: "Não é justo você vir e ficar com a melhor parte do bolo, a justiça virá e é você quem vai embora, porque essa é a minha ilha ".[/fn]
Que tu não és mais que eu
Tudo o que tens, eu tenho
E pensaste que eu não era ninguém

Com a mão no queixo, me ponho a refletir

Mayra Andrade - Quem chegou por último que vá!

<strong>Carbono</strong>
Hey Yo
Dinheiro no mundo fala todas línguas
inglês, português ate língua da índia
Custa divisa
é tudo que precisa é como visa

B.O.C - Dinheiro

Seara humana à mesma intensa luz ;
Povo vasco, andaluz,
Galego, asturiano,
Catalão, português :
O caminho é saibroso e franciscano
Do berço à sepultura ;

Miguel Torga - A vida

Gosto de ouvir o português do Brasil
Onde as palavras recuperam sua substância total
Concretas como frutos nítidas como pássaros
Gosto de ouvir a palavra com suas sílabas todas
Sem perder sequer um quinto de vogal
 

Sophia de Mello Breyner Andresen - Poema de Helena Lanari

não quero estar sem ti
se tu não estás aqui
sobra-me o ar

não quero estar assim
se tu não estás aqui

Ana Malhoa - Se Tu não Estás Aqui (Si Tú no estás aquí - Versão Português)

É queimoso e é tremoso
Êta molho gostoso
Vamos saborisar
Com queimoso, tremoso do Pará

Pimenta de cheiro com flor de jambu

Dona Onete - Queimoso e Tremoso

Neste universo
E a nossa canção é o som
Daquilo que não consigo dizer
Porque o português que falo
Perdeu a palavra

Sérgio Rossi - Amo-te em português

Cheguei aqui num pé de vento
Já tenho carro e apartamento
Sou brasileiro mandingueiro<fn>Alguém astuto</fn>
Tô aqui pelo dinheiro
Virei chicano, índio americano
Blusão de couro, os States<fn>No Brasil falamos 'States' para nos referirmos aos Estados Unidos da América</fn> são meus

Cazuza - Manhatã