Nicanor Parra - Sinfonia de cuna (Portuguese translation)

Spanish

Sinfonia de cuna

Una vez andando
Por un parque inglés
Con un angelorum
Sin querer me hallé.
 
Buenos días, dijo,
Yo le contesté,
El en castellano,
Pero yo en francés.
 
Dites-moi, don angel,
Comment va monsieur.
 
El me dió la mano,
Yo le tomé el pie :
¡ Hay que ver, senõres,
Como un ángel es !
 
Fatuo como el cisne,
Frío como un riel,
Gordo como un pavo,
Feo como usted.
 
Susto me dió un poco
Pero no arranqué.
 
Le busqué las plumas,
Plumas encontré,
Duras como el duro
Cascarón de un pez.
 
¡ Buenas con que hubiera
Sido Lucifer !
 
Se enojó conmigo,
Me tiróun revés
Con su espada de oro,
Yo me le agaché.
 
Angel más absurdo
Non volveré a ver.
 
Muerto de la risa
Dije good bye sir,
Siga su camino,
Que le vaya bien,
Que la pise el auto,
Que la mate el tren.
 
Ya se acabó el cuento,
Uno, dos y tres.
 
Submitted by Guernes on Fri, 09/02/2018 - 20:00
Align paragraphs
Portuguese translation

Sinfonia do Berço

Uma vez andando
por um parque inglês
com um angelorum
sem querer deparei,
 
Bom dia, disse,
e eu o contestei,
êle no castelhano,
mas eu em francês
 
Dites moi, dom anjo,
Comment va monsieur.
 
Ele me deu a mão,
eu o peguei pelo pé:
há que ver, senhores,
como um anjo é!
 
Fátuo como o cisne,
frio como um trilho,
gordo como um pavão,
feio como você.
 
Assustou-me um pouco
mas não me mandei.
 
Busquei-lhe as plumas
plumas encontrei,
duras como a dura
casca do peixe.
 
Melhor seria ter
encontrado o Lúcifer!
 
Chateou-se comigo,
atirou-me um revés
com sua espada de ouro,
mas eu me agachei.
 
Anjo mais absurdo
não voltarei a ver.
 
Morto de riso
disse good bye sir,
siga teu caminho,
que passes bem,
que te pise um auto,
que te mate um trem.
 
Já se acabou o conto,
um, dois, três.
 
Submitted by Manuela Colombo on Fri, 09/02/2018 - 20:21
Author's comments:

Tradução de Antonio Miranda

More translations of "Sinfonia de cuna"
PortugueseManuela Colombo
See also
Comments