Letra de Agora Cançaõ aos Novos

Portugués

Agora Cançaõ aos Novos

Agora Cançaõ aos Novos

Canto à minha Idade, ó Ai,
Canto às côres que ainda são,
e ao amor que me dão
as manhãs deste mundo,
São,
janelas para ver,
são ainda,
São
vontades de ter
um mundo sem armas
na mão

Canto esta verdade, ó Ai,
Canto à luz do meu sol,
sol de meu mundo inteiro
que queria guardar, ó Ai,
guardar para ti
ter na mão e dar
dar-te logo a ti
Mas há tantas armas aí...

- E eu, que força tenho?
- E tu que força tens?
- Temos a voz só, cantamos alto,
- a nossa voz só, canta bem alto

É agora, é a hora
É agora, é a hora

Cantai de madrugada
até ao Sol raiar
Levai a vida boa
Cantai sempre cantai
E a cada pessoa
Cantai esta cançaõ
Lembrai ao Mundo inteiro
a sua condiçaõ

E assim cantai também
como eu sempre cantei
Cantai o Amor do Mundo
e tudo o que está bem
Cantai a viva voz
pela terra inteira
E assim se ensina a Paz
da melhor maneira

Publicado por knarf el Mar, 13/03/2012 - 03:42
Comentarios del uploader: 

TO WHOMEVER MAY WANT TO TAKE UP THIS TRANSLATION REQUEST: I am trying to get the lyrics of the remaining untranslated three canções from O PARAÍSO translated into English. This request is for the eighth track off the CD.

in advance, many many thanks (and my apologies for any incorrectly typed lyrics)

knarf

 

Las traducciónes de "Agora Cançaõ aos Novos"
Comentarios