Muito Tempo

Italiano

Troppo tempo

Laura:
Vai per strada e non tornare.
Troppe volte ho sopportato
Non pensare più a me!
Io tengo gli occhi aperti
Ho un sospiro, ho un bacio
Ma se non posso averti ..
Non sarà facile!
Una corona di spine sarà
Io sono vera e sono viva
E sono parte del mondo
Sono la luce che accendeva il tuo sguardo
Quando eri con me .. il buio che scendeva con la sera ..
si fermava sulla porta di casa
Ogni lacrima nuova
ha una storia e un nome
Ogni uomo ha la sua ombra
dietro un sorriso
La nebbia intorno fa lo sforzo di salire
E io posso vedere ancora che
è troppo tempo che ti aspetto
E' troppo tempo che ti voglio
Tu sai di cosa sto parlando!
Mi fa sentire bene
perfino il silenzio
intorno a me.

Laura e Ivano:
Dio salvami oggi oppure quando puoi
Salvami dall'amore quando vuoi ..
Sììì

Laura:
Io ti penserò vicino
Sulle strade del mondo
Perchè ho avuto tanto bisogno di te
Come l'erba del deserto
ho sfidato la vita
Per un segno del tuo amore che non è arrivato, che non è arrivato ma ..
Io sono vera e sono viva
E sono parte del mondo
Sono la luce che accendeva il tuo sguardo .. quando tu eri con me
Ogni sorriso ha il suo momento, il suo patto con l'amore
Ogni donna ha la sua fuga che è la sua speranza
La nebbia intorno fa lo sforzo di salire
E io posso vedere ancora

Laura e Ivano:
Dio salvami oggi oppure quando vuoi
Restituiscimi all'amore quando vuoi ..
Sììì

See video
 Intentar alinear
Portugués

Muito Tempo

Vai por estradas e não volta
muitas vezes eu suportei
não pensava mais em mim!
Eu tenho os olhos abertos
um suspiro, e um beijo
mas se não posso tê-lo...
Não será fácil não,
uma coroa de espinhos será.

Sou de verdade e estou viva,
e faço parte do mundo,
eu sou a luz que fazia seu olhar brilhar,
quando estava comigo...

...O escuro que aumentava pela tarde,
não passava pela porta de casa
cada lágrima nova
tem história e um nome
todo homem tem sua sombra,
detrás de um sorriso

A neve entorno faz um esforço pra subir
e eu posso então ver agora
que há muito tempo que te espero
e tanto tempo que te quero,
tu sabes do que estou falando!

Me faz sentir tão bem,
no fim desse silêncio,
em torno á mim

Deus, salva-me hoje ou talvez quando queiras,
salva-me do amor quando queiras,
Sim

E eu então te pensarei
pelas estradas do mundo
porque eu tenho tantos, tantos sonhos com você
e como uma erva no deserto,
desafiando a vida,
por um sinal de seu amor, que nunca chegou,
que nunca chegou, mais

Sou verdadeira e estou viva,
e faço parte do mundo,
eu sou as luzes que acendiam o seu olhar,
quando tu estavas comigo

Todo sorriso tem seu momento,
e seu pacto com o amor,
toda mulher tem uma fuga que é sua esperança,
a neve em torno, faz esforço pra subir
E então eu posso ver que

Deus salva-me hoje ou talvez quando quiser
Restitua-me do amor quando você quiser,
Sim

Publicado por Knee427 el Dom, 13/05/2012 - 00:56
1 agradecimiento
1 agradecimiento de invitados
0
Tu puntaje: Nada
Comentarios