Um Fato Óbvio

Italiano

Un fatto ovvio

É inutile che ormai
ti ostini a dire no
negando un fatto ovvio

Tu necessiti di me
nello stesso modo che
anche io di te

Tu lascia che ora sia così
prendi il sogno che ora è qui
e inizia a crederci
E non andare mai via perchè

Fino a che rimani
sarai tu il migliore dei miei mali, tu sarai
Di quest'anni avari
l'oro nelle mani sarò
lo stesso anch'io per te

E basterebbe ammettere
che comunque quel che c'è
è la prova più evidente

Che un passato sterile
non concede repliche
né al futuro né al presente

Così, ormai
non tornare indietro mai
non sacrificare noi
lo sai

Fino a che rimani
sarai tu il migliore dei miei mali, dei miei mali, tu sarai
Di quest'anni avari
l'oro nelle mani e sarò
lo stesso anch'io
lo stesso anch'io

Dei miei giorni insani
la cura nelle mani
tu sarai
lo sarò anch'io, per te

È inutile che ormai
ti ostini a dire no
negando un fatto ovvio

See video
 Intentar alinear
Portugués

Um Fato Óbvio

É inútil que agora
Continua a dizer não
Negando um fato óbvio

Você precisa de mim
Da mesma maneira que
Eu de você

Tu deixas que agora seja assim
Pega o sonho que está aqui
E começa a acreditar
E nunca vai embora porque

Enquanto tu ficares
Você será o mais belo dos meus males, será
Anos miseráveis
O ouro pelas mãos, e eu serei
O mesmo para ti

E só bastava admitir
Que o que acontecia aqui
É a prova mais evidente

De um passado estéril que
Não permite réplicas
No futuro ou no presente

Assim, depois
Nunca mais irá voltar
Não nos sacrificará
Eu sei

Enquanto tu ficares
Você será o mais belo dos meus males, será
Anos miseráveis
O ouro pelas mãos, e eu serei
O mesmo para ti
O mesmo para ti

De meus dias insanos
A cura pelas mãos
Tu será
E eu serei, pra ti

E é inútil que agora
Continua a dizer não
Negando um fato óbvio

Publicado por Knee427 el Sáb, 23/06/2012 - 22:42
0
Tu puntaje: Nada
Comentarios