Gal Costa - Um dia de domingo

portugais

Um dia de domingo

Eu preciso te falar
Te encontrar de qualquer jeito
Prá sentar e conversar
Depois andar
De encontro ao vento...
 
Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol que te bronzeia...
 
Eu preciso te tocar
E outra vez te ver sorrindo
E voltar num sonho lindo...
 
Já não dá mais prá viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo...
 
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo...
 
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar
Por conta da emoção
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar
A voz do coração..
 
Publié par algebra le Jeu, 07/01/2010 - 15:12
Modifié pour la dernière fois par Miley_Lovato le Mar, 09/08/2016 - 17:31
Merci !

 

Gal Costa: Top 6
Commentaires