Unreal

  • Izvođač: SuperNada
  • Album: Ao vivo no Santiago Alquimista
  • Pjesma: Irreal
Portugalski

Irreal

Diz-me então porque é que o nosso amor leva sempre
tanto de nós
Não devia ser ele mesmo o nosso caminho?
E guiar-nos através da bruma
Não chegar a ser nem que só por um momento tão irreal

Sei que é uma coisa do meu eu
Isso até me lembra aquilo que não se deu
Coisas do meu eu
Na visão do meu ser
Vão até onde as consigo ver
Eu sei de um sentimento que é só teu
Eu projecto o meu momento que não se leu
Livre do teu eu
Na visão do teu ser
Vão até onde consegues ver

Nós podemos não ganhar
Mas o amor leva sempre a melhor
Mesmo que em sentido inverso
Deste nosso caminho
E nada nos podemos fazer
Enquanto o amor se deixar ser por um momento tão
irreal
Irreal, irreal
Tão irreal, irreal
Irreal, Irreal

Já notei o tal feitio que é só meu
E eu concordo na mudança que não se deu
É medo de ser teu
Eu receio o teu sim
Se a certeza não souber de mim
E tu crês que essa coisa não é vã
Uma página marcada para ler amanhã
Também devoras o que é teu
Precisas do que é teu
E diz-me então se acreditas que é por termos dado
pouco de nós
Não podemos já daí tirar o novo sentido
Eu também não queria ver
O nosso grande amor ser nem por um momento tão irreal
Irreal, Irreal
Tão Irreal
Irreal, Irreal

Diz-me então porque é que o nosso amor leva sempre
tanto de nós
Não devia ser ele mesmo o nosso caminho?
E guiar-nos através da bruma
Sem chegar a ser nem que só por um momento tão irreal
Irreal, Irreal, Irreal

See video
 Pokušajte poravnati
Engleski

Unreal

So, tell me why does our love always take away
so much of us?
Shouldn't it be our path?
And guide us through mist
Not being, not even for a second, so unreal.

I know that it is something from myself
This makes me remember things that didn't work out
Things from myself
In view of my being
They go until where I can see them
I know a feeling only of yours
I project the moment that didn't happen
Free from your self
In view of your being
They go until where I can see them

We may not win
but love always prevails
Even in a inverse direction
of this path of ours.
And we can do nothing
While love lets itself being for a second so unreal
Unreal, unreal
So unreal, unreal
unreal, unreal

I've already noticed my way of being
And I agree to the change that didn't work out
Afraid of being yours
I'm afraid of yours, yes
If the certainty doesn't know me
And you believe it is not in vain
A marked page to be read tomorrow
Also eat up what it is yours
You need what it is yours
And so, tell me if you believe if just because we give a bit ourselves
can't we understand a new sense from this?
I also didn't want to see
Our big love being, not even for a second, so unreal
Unreal, unreal
so unreal
Unreal, unreal.

So, tell me why does our love always take away
so much of us?
Shoudn't it be our path?
And guide us through mist
Not being, not even for a second, so unreal.

Postavljeno od dowlenon1 u Čet, 30/08/2012 - 14:31
zahvaljeno 1 put
KorisnikTime ago
Lemoncholic2 godine 15 tjedana
0
Vaš glas: Nema
Komentari
dowlenon1     Kolovoz 30th, 2012

Oh my! My brain is sort of fried! The song doesn't follow a sequence of logical things, they wrote randomly sentences that make no sense at all, at least most of them.

Lemoncholic     Rujan 1st, 2012

Yup, this one suits its title.

Some slips.
>While love let itself being for a second so unreal
Love letS. Just a typo. Smile

>Afraid of being your
"yours", I think.

> I afraid of yours, yes
"I am."

dowlenon1     Rujan 1st, 2012

Yes, the song lives up to the title Tongue

Corrections done Smile