No pots

Portugál

Não podes

Já não te tenho, para me salvares da minha solidão
Não a mais nada depois de ti
Já não te tenho, para me guiares no meio da escuridão
Ando perdido porque te perdi

Mas enquanto o meu coracão bater
Eu não te vou poder esquecer
Tenho que te dizer

Não podes, não podes pedir a chuva para não cair
Não podes, não podes pedir a maré para não subir
Não podes, não podes pedir a lua para não brilhar
Não podes pedir para deixar de te amar

Mais uma noite, em que só me resta a recurdacão
De quando tu estavas ao pé de mim
Mais uma noite, em que a minha vida não passa de uma ilusão
Porque eu não consigo viver sem ti

Porque cada vez que eu tento não lembrar
É como deixar de respirar
A dor não vai pasar

Não podes, não podes pedir a chuva para não cair
Não podes, não podes pedir a maré para não subir
Não podes, não podes pedir a lua para não brilhar
Não podes pedir para deixar de te amar

Mas enquanto o meu coracão bater
Eu não te vou poder esquecer
Tenho que te dizer

Não podes, não podes pedir a chuva para não cair
Não podes, não podes pedir a maré para não subir
Não podes, não podes pedir a lua para não brilhar
Não podes pedir para deixar de te amar

Videó megtekintése
Try to align
Katalán

No pots

Ja no et tinc, per salvar-me de la meva soledat
No hi ha res més després de tu
Ja no et tinc, per guiar-me en mig de l'osbcuritat
Estic perdut perquè t'he perdut

Però mentre bategui el meu cor
I no podré oblidar-te
Haig de dir-te

No pots, no pots demanar-li a la pluja que no caigui
No pots, no pots demanar-li al mar que no pugi
No pots, no pots demanar-li a la lluna que no brilli
No pots demanar-me que deixi d'amar-te

Una nit més, en què només em queden records
De quan estaves al meu costat
Una nit més, en què la meva vida no passa d'una il·lusió
Perquè no aconsegueixo veure sense tu

Perquè cada vegada que intento recordar-te
És com deixar de respirar
El dolor no passarà

No pots, no pots demanar-li a la pluja que no caigui
No pots, no pots demanar-li al mar que no pugi
No pots, no pots demanar-li a la lluna que no brilli
No pots demanar-me que deixi d'amar-te

Però mentre bategui el meu cor
I no podré oblidar-te
Haig de dir-te

No pots, no pots demanar-li a la pluja que no caigui
No pots, no pots demanar-li al mar que no pugi
No pots, no pots demanar-li a la lluna que no brilli
No pots demanar-me que deixi d'amar-te

Kűldve: boigandorra Szombat, 14/07/2012 - 13:45
0
Értékelésed: Nincs
Hozzászólások