Testo della canzone: Aldeia das minhas raízes

Portoghese

Aldeia das minhas raízes

No inverno à minha aldeia
Branca de neve vestida
Reinava a luz da candeia
E o sabor de boa comida

Ao chegar a Primavera
Belas flores iam brotando
Voltavam as andorinhas
E sons de pardais cantando

Que belas memórias
Tenho pra contar
São tantas histórias
Histórias de incantar
Momentos felizes
Vivi lá na aldeia
Das minhas raízes
À luz da candeia

Em noites quentes de verão
Nas famosas Romarias
Reinava o acordeão
Dançavam Manés e Marias

No outono às desfolhadas
Reinava o Milho-Rei
Iam todos p´ras noitadas
Tantas danças que eu bailei

Que belas memórias
Tenho pra contar
São tantas histórias
Histórias de incantar
Momentos felizes
Vivi lá na aldeia
Das minhas raízes
À luz da candeia

Postato da desafinado64 il Ven, 29/07/2011 - 16:47
Last edited by desafinado64 on Mer, 23/10/2013 - 21:45
Commenti dell'autore:

Video

Vedi il video
Translations of "Aldeia das minhas raízes"
Commenti