Manu Chao - Clandestino (traduzione in Portoghese)

traduzione in Portoghese

Clandestino

Sozinho vou com minha pena
Sozinha vai minha condenação
Correr é meu destino
Para burlar a lei
Perdido no coração
Da grande Babilónia *
Chamam-me clandestino
Por não ter papéis *
 
Pra uma cidade do norte
Fui trabalhar
Minha vida a deixei
Entre Ceuta e Gibraltar *
Sou um rasto no mar
Fantasma na cidade
Minha vida é proíbida
Dizem as autoridades
 
Sozinho vou com minha pena
Sozinha vai minha condenação
Correr é meu destino
Por não ter papéis
Perdido no coração
Da grande Babilónia
Chamam-me clandestino
Eu sou o quebra lei
 
Mano Negra * clandestina
Peruano clandestino
Africano clandestino
Marijuana ilegal
 
Sozinho vou com minha pena
Sozinha vai minha condenação
Correr é meu destino
Para burlar a lei
Perdido no coração
Da grande Babilónia
Chamam-me clandestino
Por não ter papéis
 
Argelino, clandestino
Nigeriano clandestino
Boliviano clandestino
Mano Negra ilegal
 
Postato da francisco.translate Ven, 27/12/2013 - 14:32
Commenti dell’autore:

* - A grande Babilónia é qualquer grande cidade do norte.
* - Papéis: documentos.
* - Entre Ceuta e Gibraltar: no Mediterrâneo, entre a África e a Europa.
* - Mano Negra ("mão negra") é também o nome do antigo grupo musical de Mano Chao.

Spagnolo

Clandestino

Commenti fatti