Fantasma

Catalano

Fantasma

No tornaré a estranyar-te
Sabré com oblidar-se
I esborraré la teva ombra

La llum del meu somriure
Em diu que torno a viure
Sabré desfer-me de la cendra

Però després
Sabent que això ja no ha de ser
Si torno a recordar-te, el cor pregunta com t’oblidaré?

(tornada)
Com un fantasma t’amagues
I et quedes, i et sento i et respiro
I t’espero i et penso,...
I en el meu cor a cada cop que batego
No trobo una raó, ja no, ja no

Com un fantasma que torna a cridar-me
I t’escolto però voldria evitar-te, esborrar-te
M’agradaria ser un estel i deixar-te
Però encara em queda, amor, amor, amor
Com allunyar-te de mi

Invento a cada estona
No sé canviar d’escena
Ets cada història en la memòria
Si trobo la manera
De veure l’optimisme podré allunyar-me de l’abisme

Però després
Sabent que això no ha de ser
Si torno a recordar-te tot pregunta com t’oblidaré

(tornada)
Com un fantasma t’amagues
I et quedes, i et sento i et respiro
I t’espero i et penso,...
I en el meu cor a cada cop que batego
No trobo una raó, ja no, ja no

Com un fantasma que torna a cridar-me
I t’escolto però voldria evitar-te, esborrar-te
M’agradaria ser un estel i deixar-te
Però encara em queda, amor, amor
Com allunyar-te de mi

Passa de llarg i sabré
Com ho haig de fer
Passa de llarg i potser t’oblidaré

(tornada)
Com un fantasma t’amagues
I et quedes, i et sento i et respiro
I t’espero i et penso,...
I en el meu cor a cada cop que batego
No trobo una raó, ja no, ja no

Com un fantasma que torna a cridar-me
I t’escolto però voldria evitar-te, esborrar-te
M’agradaria ser un estel i deixar-te
Però encara em queda, amor, amor
Com allunyar-te de mi

Vedi il video
Try to align
Portoghese

Fantasma

Ja não me vais faltar mais
Sabrei como esquecer-te
E esquecerei a tua sombra

A luz do meu sorriso
Dis-me que estou viva outra vez
Sabrei como desfazer-me das cinzas

Mais depois
Sabendo que isto ja não pode ser
Se volto a recordar-te, o coração vai perguntar como esquecer-te?

(refrão)
Como um fantasma escondes-te
Ficas por perto, e sinto-te e respiro-te
E espero-te e penso em ti...
E no meu coração, a cada vez que late
Não encontro uma razão, ja não, ja não...

Como um fantasma que chama por mim sem parar
E que ouço mas que desejo evitar, apagar
Gostaria de ser uma estrela fugas e deixar-te
Mas ainda sinto amor, amor, amor
Como afastar-te de mi?

Invento a cada momento
Não sei mudar de imagem
Estás em cada história minha da minha memória
Se encontrar a maneira
De ver um pouco de optimismo conseguirei afastar-me do abismo

Mais depois
Sabendo que isto ja não pode ser
Se volto a recordar-te, o coração vai perguntar como esquecer-te?

(refrão)
Como um fantasma escondes-te
Ficas por perto, e sinto-te e respiro-te
E espero-te e penso em ti...
E no meu coração, a cada vez que late
Não encontro uma razão, ja não, ja não...

Como um fantasma que chama por mim sem parar
E que ouço mas que desejo evitar, apagar
Gostaria de ser uma estrela fugas e deixar-te
Mas ainda sinto amor, amor, amor
Como afastar-te de mi?

Passa de mim e sabré
Como devo fazer
Passa de mim e talvez te esquecerei

(refrão)
Como um fantasma escondes-te
Ficas por perto, e sinto-te e respiro-te
E espero-te e penso em ti...
E no meu coração, a cada vez que late
Não encontro uma razão, ja não, ja não...

Como um fantasma que chama por mim sem parar
E que ouço mas que desejo evitar, apagar
Gostaria de ser uma estrela fugas e deixar-te
Mas ainda sinto amor, amor, amor
Como afastar-te de mi?

Postato da boigandorra il Dom, 29/07/2012 - 15:04
0
La tua valutazione: Nessuno
Commenti