Flëur - Nikogda (Никогда) (traduzione in Portoghese)

traduzione in Portoghese

Nunca

Conte-me sobre a morte
Meu pequeno príncipe
Ou nos manteremos em silêncio
Por toda a noite até o amanhecer...
Escutando aos gritos das borboletas perfuradas
Ou olhando com tristeza
Para os olhos de pássaros mortos...
 
Nós nunca estaremos aqui juntos...
 
Você quer doar tudo
Mas isso não é o suficiente...
Você quer tanto lágrimas
Mas não sobrou nenhuma...
 
Um sussuro silencioso de ouvidos
Uma distância astral...
Um veludo violeta (é)
Em brilhos da chuva...
É o mundo mais cruel
Isso é o que ninguém quer
Aceitar
 
Me esconda para sempre
Água escura...
 
Você quer doar tudo
Mas isso não é o suficiente...
Você quer tanto lágrimas
Mas não sobrou nenhuma...
 
Conte-me sobre a morte
Meu pequeno príncipe
Ou nos manteremos em silêncio
Por toda a noite até o amanhecer...
Escutando aos gritos das borboletas perfuradas
Ou olhando com tristeza
Para os olhos de pássaros mortos...
 
Você quer doar tudo
Mas isso não é o suficiente...
Você quer tanto lágrimas
Mas não sobrou nenhuma...
 
É o mundo mais cruel...
É o mundo mais cruel...
É o mundo mais cruel...
É o mundo mais cruel...
Nunca...
Nunca...
Nunca...
Nunca...
 
Postato da EduardoPVazquez Mar, 24/06/2014 - 13:51
Aggiunto su richiesta di Dogvillan
Russo

Nikogda (Никогда)

Commenti fatti