Bebe - Malo ( Tradução para Português)

Espanhol

Malo

Apareciste una noche fría,
con olor a tabaco sucio a ginebra.
El miedo ya me recorría,
mientras cruzaba los deditos
tras la puerta.
Tu carita de niño guapo
se la ha ido comiendo el tiempo
por tus venas,
y tu inseguridad machista
se refleja cada día en mis
lagrimitas
 
[Estribillo1: Los tres versos siguientes]
Una vez más no, por favor
que estoy cansá y no puedo con el corazón
Una vez más no, mi amor, por favor, no grites
que los niños duermen
(repetir el verso)
 
[Estribillo2: Los dos versos siguientes]
Voy a volverme como el fuego,
voy a quemar tus puños de acero,
y del morao de mis mejillas
saldrá el valor pa' cobrarme las heridas
 
Malo, malo, malo eres
no se daña a quien se quiere ¡No!
Tonto, tonto, tonto eres
no te pienses mejor que las mujeres
(repetir el verso)
 
El día es gris cuando tú estás
y el Sol vuelve a salir
cuando te vas,
Y la penita de mi corazón
yo me la tengo que tragar
con el fogón
 
Mi carita de niña linda
se ha ido envejeciendo
en el silencio.
Cada vez que me dices ¡Puta!
se hace tu cerebro más pequeño
 
(estribillo1)
 
(estribillo2)
 
Malo, malo, malo eres
Μalo eres porque quieres
Malo, malo, malo eres
no me chilles que me duele
Eres débil y eres malo
y no te pienses mejor que yo,
ni que nadie
Y ahora me fumo un cigarrito,
y te echo el humo en el corazoncito
porque malo, malo, malo eres ¡Tú!
Malo, malo, malo eres ¡Sí!
Malo, malo, malo eres ¡Siempre!
Malo, malo, malo eres
 
Adicionado por evfokas em Sexta-feira, 25/11/2011 - 17:24
Última edição feita por Fary em Sexta-feira, 07/04/2017 - 09:51
Comentários do remetente:

Reposting the song because of differences in the lyrics from the already posted version

Alinhar parágrafos
Tradução para Português

Mau

Apareceu uma noite fria
Cheirando a tabaco sujo de gengibre
O medo voltava a mim
Enquanto cruzava os dedos
Atrás da porta
Sua cara de bom moço
Foi sendo consumida pelo tempo
Por suas veias
E sua insegurança machista
Reflete-se a cada dia em minhas lágrimas
 
Por favor, chega disso
Estou cansada e meu coração não aguenta
Por favor, chega disso, meu amor, não grite
Pois as crianças estão dormindo
(2x)
 
Vou me transformar num fogo
Vou queimar seus punhos de aço
E do roxo em minha cara
Sairá o poder para curar minhas feridas
 
Você é mau, mau,mau
Não se machuca quem se ama
Você é estúpido, estúpido
Não se julgue melhor que as mulheres
(2x)
 
O dia fica cinza com sua presença
E quando você se vai,
O sol sai
E a dor de meu coração
Tenho de engoli-la
Como o fogão
 
Minha cara de menina linda
Foi envelhecendo
No silêncio
Sempre que você me diz "Puta!"
Seu cérebro fica menor
 
Adicionado por sinalatruk em Quarta-feira, 22/08/2012 - 03:08
Ver também
Comentários
Fary    Quinta-feira, 13/04/2017 - 18:59

The original lyrics have been corrected, so could you check your translation?