Mário de Sá-Carneiro - Abrigo

Advertisements
পর্তুগীজ
A A

Abrigo

Paris da minha ternura
Onde estava a minha Obra -
Minha Lua e minha Cobra,
Timbre da minha aventura.
 
Ó meu Paris, meu menino,
Meu inefável brinquedo...
- Paris do lindo segredo
Ausente no meu destino.
 
Regaço de namorada,
Meu enleio apetecido -
Meu vinho de Oiro bebido
Por taça logo quebrada...
 
Minha febre e minha calma -
Ponte sobre o meu revés:
Consolo da viuvez
Sempre noiva da minha Alma...
 
Ó fita benta de cor,
Compressa as minhas feridas...
- Ó minhas unhas polidas,
- Meu cristal de toucador...
 
Meu eterno dia de anos,
Minha festa de veludo...
Paris: derradeiro escudo,
Silêncio dos meus enganos.
 
Milagroso carroussel
Em feira de fantasia -
Meu órgão da Barbaria,
Meu teatro de papel...
 
Minha cidade-figura,
Minha cidade com rosto...
- Ai, meu acertado gosto,
Minha fruta mal madura...
 
Mancenilha e bem-me-quer,
Paris - meu lobo e amigo...
- Quisera dormir contigo,
Ser todo a tua mulher!...
 
GavriloGavrilo দ্বারা বুধ, 12/06/2019 - 01:46 তারিখ সাবমিটার করা হয়
ধন্যবাদ!

 

Advertisements
ভিডিও
Mário de Sá-Carneiro: সেরা 3
Idioms from "Abrigo"
মন্তব্যসমূহ