Διαφήμιση

Orlando ( Πορτογαλικά μετάφραση)

Πορτογαλικά μετάφρασηΠορτογαλικά
A A

Orlando

Quando os primeiros respondentes entraram no clube noturno Pulse
após o massacre em Orlando, eles caminharam através da horrível cena
de corpos e gritaram: "Se estiverem vivos, levantem a vossa mão."
 
Eu estava dormindo num hotel no centro-oeste naquela altura
mas eu imagino que naquele exato momento
a minha mão contraiu-se durante o meu sono,
alguma parte inconsciente de mim, ciente de
que eu tinha pulso, de que estava vivo.
 
No dia seguinte, acordei com a notícia de que uma espingarda de assalto
tinha disparado 202 balas num bar homossexual
na noite latina, num dos piores massacres da história dos EUA ––
um massacre de pessoas que não abandonaram a pista de dança
quando ouviram tiros de espingarda, porque pensavam que eram apenas as batidas da música.
 
Todos à minha volta passaram aquele dia desolados
e cada lágrima era o suor da dança de alguém
a secar na morgue.
 
Mais tarde naquela noite, eu estava no palco a representar para uma plateia
que passou duas horas na fila
à espera de passar através dos detetores de metal
Não consegui evitar a minha mão a cobrir o meu coração.
Continuei a esquadrinhar o clube em busca do caminho mais rápido para cada saída.
Eu soube que a pessoa que trabalhava na segurança
estava numa guerra de texto e não estava a fixar os olhos na porta,
Eu soube que havia um homem na quinta fila
mexendo nas bainhas da sua mochila cilíndrica
 
Com intervalos de alguns segundos, eu observei a varanda
pelo brilho de qualquer coisa que pudesse apontar
para separar os corpos dos espíritos
dos rapazes de mãos dadas
ou das raparigas com o corte de cabelo curto
como o meu temperamento quando a raiva é um decibel
Eu posso realmente conseguir quando não estou apenas
doente de luto e arruinado
olhar história não ser história,
escutar música não ser música,
saber que alguém está a ter a melhor noite de toda a sua vida disse:
"Esta é a minha música favorita",
e, em então, uma espingarda elevou-se sobre uma retrete pública
e esvaziou um carregador nos rins
de um homem adulto a enviar uma mensagem de texto: "Mamã, vou morrer",
as suas impressões digitais em sangue nas paredes, estendendo-se
para as pessoas a morrer em posição fetal,
pessoas cobertas com o sangue de seus amigos,
soluçando muito alto para se esconderem das suas próprias mortes,
enquanto as pessoas do lado de fora empurram lenços
dentro de feridas de bala.
 
É verdade o que dizem sobre os homossexuais
de estarem tão na moda, seus fantasmas, eles nunca vão
fora de estilo, até mesmo de vida, é como uma prática funerária––
metade de nós já morreu para as nossas famílias antes de morrer,
metade de nós ainda de joelhos
tentando rastejar para a foto de família.
 
Naquela noite no palco eu continuei a lembrar-me
de fazer quinze anos na Disneylândia,
vestindo a camisola com capuz do meu melhor amigo
como se fosse o anel do meu namorado da classe.
 
Quantos anos levei para apenas tocar o rosto dela,
quantos anos passei rezando para que o meu coração pudesse fingir de morto,
até que a ameaça desaparecesse,
até que o mundo mudasse,
até que a história fosse história,
mas a história continua chegando
para o alto, continua atirando em corpos,
continua acumulando razões
para ter detetores de metal em leituras de poesia
onde os poemas, eles são só chamadas não atendidas
para as pessoas que reivindicam o seu deus - ou a sua apatia
não está disposta a aceitar as culpas.
 
Querido Deus, quão quebrado tens de estar
para não ganhar tempo para as pessoas saírem pela porta
quando a música vai para a porra do inferno?
 
Quando este mundo, bêbado de ódio,
decide que sangue é vinho e bebe quanto quiser
no único lugar que eles alguma vez pensaram ser seguro?
No único lugar que eles pensavam não precisarem de se esconder?
 
No único lugar em que eram procurados,
Porque, porque quem eles amavam,
e como eles amavam.
 
E como eles amavam,
até que alguém caminhou através dos seus corpos
e perguntou quem ainda estava vivo,
e quase ninguém
colocou a mão para cima.
 
Ευχαριστώ!
δέχθηκε 1 ευχαριστία
Υποβλήθηκε από José VieiraJosé Vieira στις Παρ, 18/06/2021 - 22:56
Προστέθηκε προς απάντηση στο αίτημα του malucamaluca
Αγγλικά
Αγγλικά
Αγγλικά

Orlando

Μεταφράσεις του τραγουδιού ''Orlando''
Πορτογαλικά José Vieira
Συλλογές με "Orlando"
Andrea Gibson: Κορυφαία 3
Σχόλια
Read about music throughout history