Russia is waging a disgraceful war on Ukraine. Stand With Ukraine!

A Serenata lyrics

  • Artist: Adélia Prado
  • Album: Bagagem (1975)
  • Translations: French, Italian
Portuguese
Portuguese
A A

A Serenata

Uma noite de lua pálida e gerânios
ele virá com a boca e mão incríveis
tocar flauta no jardim.
Estou no começo do meu dessespero
e só vejo dois caminhos:
ou viro doida ou santa.
Eu que rejeito e exprobo
o que não for natural como sangue e veias
descubro que estou chorando todo dia,
os cabelos entristecidos,
a pele assaltada de indecisão.
Quando ele vier, porque é certo que vem,
de que modo vou chegar ao balcão sem juventude?
A lua, os gerânios e ele serão os mesmos
- só a mulher entre as coisas envelhece.
De que modo vou abrir a janela, se não for doida?
Como a fecharei, se não for santa?
 
Thanks!
Submitted by Manuela ColomboManuela Colombo on Sun, 15/07/2018 - 20:07

 

Translations of "A Serenata"
Adélia Prado: Top 3
Comments
Read about music throughout history