Barco Negro (English translation)

Advertisements
Portuguese

Barco Negro

 
De manhã, que medo que me achasses feia,
acordei tremendo deitada na areia.
Mas logo os teus olhos disseram que não!
E o sol penetrou no meu coração.
 
Vi depois numa rocha uma cruz
e o teu barco negro dançava na luz...
Vi teu braço acenando entre as velas já soltas...
Dizem as velhas da praia que não voltas.
 
São loucas... são loucas!
 
Eu sei, meu amor, que nem chegaste a partir,
pois tudo em meu redor me diz que estás sempre comigo.
 
No vento que lança areia nos vidros,
na água que canta, no fogo mortiço,
no calor do leito, nos bancos vazios,
dentro do meu peito estás sempre comigo.
 
Eu sei, meu amor, que nem chegaste a partir,
pois tudo em meu redor me diz que estás sempre comigo.
 
Submitted by algebra on Fri, 02/10/2009 - 10:22
Last edited by inedito on Wed, 15/03/2017 - 19:28
Align paragraphs
English translation

Black Boat

Versions: #1#2#3
In the morning I feared you'd find me repulsive,
Shaking I awoke lying in the sand
But right away your eyes told me "no"!
And the sun penetrated my heart.
 
I then saw a cross on a rock
And your black boat dancing in the light...
I saw your arm waving among the open sails...
The old women of the beach say you will not return.
 
They're mad... they're mad!
 
I know, my love, you haven't even departed,
For everything around tells me you are always with me.
 
In the wind that throws sand on the windows
In the water that sings in the dying fire
In the heat of the bottom of empty ships
In my heart you are always with me
 
I know, my love, you haven't even departed.
 
Submitted by F Reis on Mon, 24/01/2011 - 21:40
Comments
algebra    Thu, 27/01/2011 - 13:28

Está linda sua tradução, parabéns! Eu adoro a música de Amália. 8)

A propósito, entre em contato conosco caso você esteja tendo problemas técnicos para adicionar uma segunda tradução em uma mesma língua. Até logo =)