De longas vias, mui longas mentiras (Portuguese translation)

Advertisements
Galician-Portuguese

De longas vias, mui longas mentiras

"De longas vias, mui longas mentiras":
este verv'antig[o] é verdadeiro,
ca um ric'hom'achei eu mentireiro,
indo de Valedolide pera Toledo:
achei sas mentiras, entrant'a Olmedo,
e[m] sa repost[e] e seu pousadeiro.
 
Aquestas som as que el enviara,
sem as outras que com el [i] ficarom,
de que paga os que o aguardarom,
há gram sazom; e demais seus amigos
pagará delas, e seus enmiigos,
ca tal est el, que nunca lhi menguarom,
 
nem minguarám, ca mui bem as barata
de mui gram terra que tem, bem parada,
de que lhi nom tolhe nulh'home nada;
[e] gram dereit'é, ca el nunca erra:
dá-lhis mentiras, em paz e em guerra,
a seus cavaleiros, por sa soldada.
 
Submitted by Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira on Mon, 04/03/2019 - 17:16
Portuguese translation
Align paragraphs
A A

De longos caminhos, grandes mentiras

"De longos caminhos, grandes mentiras":
este provérbio antigo é verdadeiro,
pois eu descobri um rico-homem mentireiro,
indo de Valladolid para Toledo:
descobri as suas mentiras, ao entrar em Olmedo,
e o seu enxoval e o seu pousadeiro.
 
Essas são as coisas que ele mandou,
exceto as outras que com ele ficaram,
que ele usa para pagar aos que lhe serviram,
já há muito tempo; além disso, aos seus amigos
pagará com elas, e aos seus inimigos,
pois esse é o caso dele já que estes nunca lhe faltaram
 
nem lhe faltarão, pois as coisas ele frauda bem
da grandíssima terra que tem, bem cuidada,
da qual nenhum homem toma nada;
e age bem justamente, pois ele nunca erra:
paga com mentiras, em paz e em guerra,
aos seus cavaleiros, como sua soldada.
 
Submitted by Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira on Mon, 04/03/2019 - 18:43
Last edited by Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira on Tue, 26/03/2019 - 15:20
Author's comments:

Essa é uma cantiga satírica escrita a respeito dum rico-homem que mente, sendo nela escrito um antigo provérbio já desaparecido sobre suas mentiras. E ele engana tanto os seus inimigos, que são em grande quantidade, quanto os seus amigos e seus cavaleiros.

5
Your rating: None Average: 5 (1 vote)
More translations of "De longas vias, mui ..."
Portuguese Thalyson Teixeira
5
Please help to translate "De longas vias, mui ..."
See also
Comments
Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira    Mon, 04/03/2019 - 18:56

[@Metodius] Achas que a tradução ficou boa? Digo se o significado dela está okay?

MetodiusMetodius    Mon, 04/03/2019 - 23:59

Bom serão, Thalyson!

Desculpa por não te respondere mais aginha, mas há apenas um instante que percebim que tinhas-me escrito!

Lim a traduição e só encontrei alguns pequeninhos elementos a concretizare. Mália disso, eu devo dizere que o teu nível de conhecimento é muito melhore do que o meu, e quaisquer sugestões que eu faça são meramente isso: recomendações baseadas no que eu estudiei deica agora.

O título eu diria que é «De longos caminhos, grandes mentiras». [referência].

2/3: «com as quais paga aos que lhe serviram»
2/4: «já faz muito tempo; além disso, aos seus amigos»
2/5: «pagará com elas, e aos seus inimigos»
2/6: «porque essa é a sua situação, e nunca lhe faltaram.»

3/1: «nem lhe faltarão, pois ele frauda-as»
3/3: «das quais nenhum homem toma nada»
3/4: «e é muito justo ou "e age justamente", pois ele nunca erra:»

Acho que essas puderem sere interpretações válidas do texto, em conformidade coa informação nos dicionários de poesia medieval. Mália disso, acredito que a meirande parte do que escreveste é correito, já que sembra-me que o poema é passível de differentes interpretações.

Espero te tere ajudado pelo menos um bocadinho!

Tem uma noite lindinha, meu caro amigo! Regular smile

Cumprimentos,

Metodius

Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira    Mon, 04/03/2019 - 23:49

Com a ajuda sua, eu consegui completar a tradução. Obrigado. XD

Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira    Tue, 26/03/2019 - 15:16

Até hoje me pergunto como eu consegui traduzir e ainda consegui fazer as rimas.

MetodiusMetodius    Tue, 26/03/2019 - 21:34
5

É verdade que fizeste umha tradução maravilhosa, e acho que é porque incluíste palavras que, mália serem parte do vocabulário português, talvez não são utilizadas com muita freqüência além dalgures em Portugal e na Galiza. Isso fez a tua tradução devire perfeita.

Tenho de te parabenizare: é umha das melhores traduções que fizeram-se do lusogalaico antigo nesta página, e ficou verdadeiramente linda e musical. Poderiamos dizere, acredito, que re-escreveste o poema! :)

10/10