Decibel - Lettera dal duca (Portuguese translation)

Italian

Lettera dal duca

Passano come rondini
Possibilità e utopie
Volano senza redini
Come libere armonie.
E non conosco più leggi di gravità
Ostacoli e complessità
Raggiungo un'altra dimensione
Se chiudo gli occhi vedo l'infinito in me
Supero i miei limiti più di quanto immagini
Tu stai parlando a una persona che non c'è
Silenziosa anima che questo sole illumina
 
I see the towns
I see the mountains
Here in my heart
Fuori dal tempo
A new frontier
Another game to play
 
Passano vecchie immagini
Indelebili su di noi
Restano frasi e musica
E quel battito sentirai
Io non capisco più certe meschinità
Le misere mediocrità
Io vivo un'altra dimensione
Se chiudi gli occhi vedi l'infinito in te
E superi i tuoi limiti più di quanto immagini
Ti accorgerai che un mondo spirituale c'è
Fuoco dentro all'anima che tutto intorno illumina
 
I see the towns
I see the mountains
Here in my heart
Fuori dal tempo
A new frontier
Another game to play
 
I see the towns
I see the mountains
 
Se chiudo gli occhi vedo l'infinito in me
Supero i miei limiti più di quanto immagini
 
Down down, I see the wall falling
Down down, I see the wall falling
Down down, I see the wall falling
Down down, I see the wall falling
 
Submitted by BertBrac on Tue, 30/01/2018 - 16:54
Last edited by Alma Barroca on Tue, 27/02/2018 - 22:55
Align paragraphs
Portuguese translation

Carta do Duque

Como gaivotas passam
As possibilidades e as utopias
Voam sem rédeas
Como harmonias livres
E não conheço mais leis de gravidade
Obstáculos e complexidades
Alcanço uma outra dimensão
Se fecho os olhos, dentro de mim vejo o infinito
Supero os meus limites mais do que você imagina
Você está falando com uma pessoa que não está aqui
Uma alma silenciosa iluminada por este sol
 
Eu vejo as cidades
Eu vejo as montanhas
Aqui em meu coração
Fora do tempo
Uma nova fronteira
Outro jogo para jogar
 
Imagens velhas passam
Indestrutíveis sobre nós
Restam frases e a música
E você sentirá aquele batimento
Não entendo mais certas mesquinharias
As pobres mediocridades
Eu vivo uma outra dimensão
Se você fechar os olhos, você vê o infinito dentro de você
E você supera os seus limites mais do que você imagina
Você perceberá que existe um mundo espiritual
Um incêndio na alma que ilumina tudo ao redor
 
Eu vejo as cidades
Eu vejo as montanhas
Aqui em meu coração
Fora do tempo
Uma nova fronteira
Outro jogo para jogar
 
Eu vejo as cidades
Eu vejo as montanhas
 
Se fecho os olhos, dentro de mim vejo o infinito
Supero os meus limites mais do que você imagina
 
Ruir, ruir, eu vejo o muro ruir
Ruir, ruir, eu vejo o muro ruir
Ruir, ruir, eu vejo o muro ruir
Ruir, ruir, eu vejo o muro ruir
 
Translation done by Alma Barroca. In case you want to reprint it, please ask for permission first and always cite my name as its author. /
Tradução feita por Alma Barroca. Caso você queira reutilizá-la, por favor peça por permissão antes e sempre cite meu nome como o do autor.
Submitted by Alma Barroca on Tue, 27/02/2018 - 23:10
More translations of "Lettera dal duca"
PortugueseAlma Barroca
Collections with "Lettera dal duca"
See also
Comments