Sophia de Mello Breyner Andresen - A Solidão

Portuguese

A Solidão

A noite abre os seus ângulos de lua
E em todas as paredes te procuro
 
A noite ergue as suas esquinas azuis
E em todas as esquinas te procuro
 
A noite abre as suas praças solitárias
E em todas as solidões eu te procuro
 
Ao longo do rio a noite acende as suas luzes
Roxas verdes azuis.
 
Eu te procuro.
 
Submitted by O.A. Ramos on Sun, 09/07/2017 - 18:15
Thanks!
Sophia de Mello Breyner Andresen: Top 3
Please help to translate "A Solidão"
Comments