Russia is waging a disgraceful war on Ukraine. Stand With Ukraine!

Voss'amigo que vos sempre serviu. (Italian translation)

Galician-Portuguese
Galician-Portuguese
A A

Voss'amigo que vos sempre serviu.

- Voss'amigo que vos sempre serviu,
dized', amiga, que vos mereceu
pois que s'agora convosco perdeu?
Se per vossa culpa foi, nom foi bem.
- Nom sei, amiga, dizem que oiu
dizer nom sei quê e morre por en.
 
- Nom sei, amiga, que foi ou que é
ou que será, ca sabemos que nom
vos errou nunca voss'amigo, e som
maravilhados todos end'aqui.
- Nom sei, amiga, el, cada u é,
dizer nom sei quê e morre por en.
 
- Vós, amiga, nom podedes partir
que nom tenham por cousa desigual
servir-vos sempr'e fazerdes-lhi mal;
e que diredes de s'assi perder?
- Nom sei, amiga, el quer sempr'oír
novas de pouca prol pera morrer.
 
Submitted by Pietro LignolaPietro Lignola on Sun, 16/01/2022 - 16:21
Submitter's comments:

Diálogo em que a amiga da donzela, assumindo a defesa do amigo desta, lhe pergunta por que razão anda ele desesperado, se sempre a serviu lealmente. Se foi por culpa dela, a amiga acha mal. Na sua resposta, a donzela desvaloriza: não sabe bem, dizem que ele ouviu qualquer coisa acerca dela e ficou para morrer.
Na segunda estrofe, a amiga afirma que, não sabendo também os motivos concretos, sabe, isso sim, que ele nunca fez nada de errado em relação a ela, motivo pelo qual todos se espantam com tal rompimento. Mas a donzela continua a desvalorizar (o que fará sempre): sim, o facto é que ele anda continuamente em busca de pequenas notícias dela que o façam sofrer.
Na terceira estrofe, a amiga continua a insistir na estranheza de todos face à situação, perguntando-lhe então o que dirá ela se ele morrer. Pois não sabe, responde a donzela, só sabe que essas pequenas intrigas que ele gosta de ouvir não serão motivo suficiente para tal.
Em tom vivo e bastante coloquial (nas hesitações, nas meias-palavras de duas jovens a conversar) este diálogo produz, de facto, um notável efeito de realismo, confirmando o excelente poeta que Paio Gomes Charinho foi.

Italian translationItalian
Align paragraphs

Il tuo amico che ti ha sempre servito.

- Il tuo amico che ti ha sempre servito
cosa ha fatto, amica, che non conviene,
per cui ora t’è diventato sgradito?
Se fosse colpa tua, non saria bene.
- Non so, amica, dicono che, sentendo
dire non so che, egli ne sta morendo.
 
- Non so, amica, che è stato, è e sarà,
perché siam consapevoli e informati
che mai ti ha fatto torto e tutti qua
sono per questo assai meravigliati.
- Non so, amica, dicono che sentendo
dire non so che egli ne sta morendo.
 
- Tu, amica, il tuo contegno diseguale
che noi lo notiamo non puoi evitare.
Ti serve sempre e tu gli fai del male:
uno così non dovevi lasciare!
- Non so, amica, dicono che sentendo
dire non so che egli ne sta morendo.
 
Thanks!
thanked 1 time

Potete utilizzare tutte le mie traduzioni purché citiate la fonte.

Submitted by Pietro LignolaPietro Lignola on Sun, 16/01/2022 - 16:22
Comments
Read about music throughout history