Publicidad

Il gigante d'acciaio (traducción al Portugués)

  • Artista: Gabriella Martinelli
  • Canción: Il gigante d'acciaio 2 traducciones
  • Traducciones: Inglés, Portugués
traducción al PortuguésPortugués
A A

O Gigante de Aço

Eu gosto da minha cidade
E este é o meu quarteirão, todo vermelho
As árvores, as fachadas das casas
Mas o que eu não entendo
E que me irrita, é que quando venta
Eu não posso sair para brincar
 
As janelas se fecham
As escolhas também fecham
Há um fedor louco e não dá pra respirar
Quando venta no meu quarteirão
Não dá pra brincar
 
Meu pai trabalha em um lugar gigante
Ele o chama de 'O gigante de aço'
Com chaminés grandes que queimam no mar
E eu o ouvi dizer
Que elas empregam dez mil pessoas
Mas papai quer sair de lá
Ele sempre diz "Não podemos escolher se vivemos ou trabalhamos
Não podemos escolher se vivemos ou trabalhamos
Se escapamos ou morremos"
 
Não haverá
Outra ocasião, outra ocasião
Não haverá
Outra ocasião, outra ocasião
 
Papai estava bem, ele comprou uma casa
Casou duas filhas e eu fiquei sobrando
Com dez anos de amianto e muitas rugas
Ele saiu do inferno para me dar ele
 
Eu era jovem demais para entender
E tentei fugir
Mas sentia falta do mar
Sentia falta do mar
Sentia falta da minha avó
E de ouvir dizer
'Ei, menina, veja bem, aqui só tem coisas boas'1
 
Não haverá
Outra ocasião, outra ocasião
Não haverá
Outra ocasião, outra ocasião
Quem nos dê uma resposta
 
Você mancha meu coração com um soco no peito
Muda o fim de uma história que eu já li
Todos sabem, mas ninguém fala
É assim que as coisas funcionam
Costumam me dizer 'Suma daqui!'
Mas senhores, eu tenho família
E diante de um muro, uma hipoteca sob os ombros
Já apodreci por dentro
Não importa agora
Não costumo dizer
Te confesso que não tenho mais um futuro
 
Não haverá
Outra ocasião, outra ocasião, outra ocasião, não
Quem nos dê uma resposta, senhores
Não haverá
Esta vez será diferente mais uma vez
Não haverá uma outra ocasião, mais outra ocasião
 
Bato ponto nas catracas da portaria
São sete horas de uma noite qualquer
Mas o vento é forte, sempre mais forte
Parte a vida e as esperanças continuam presas
Nas mãos do gigante
 
  • 1. Está no dialeto de Apúlia. Me baseei na tradução do italiano>inglês feita por waterdance para entender o que o verso dizia
¡Gracias!
Translation done by Alma Barroca. In case you want to reprint it, please ask for permission first and always cite my name as its author. /
Tradução feita por Alma Barroca. Caso você queira reutilizá-la, por favor peça por permissão antes e sempre cite meu nome como o do autor.
Publicado por Alma BarrocaAlma Barroca el Vie, 21/02/2020 - 23:42
ItalianoItaliano

Il gigante d'acciaio

Más traducciones de "Il gigante d'acciaio"
Portugués Alma Barroca
Colecciones con "Il gigante d'acciaio"
Comentarios