Publicidad

Margarita (Маргарита) (traducción al Portugués)

  • Artista: Melnitsa (Мельница)
  • Canción: Margarita (Маргарита) 2 traducciones
  • Traducciones: Inglés, Portugués

Margarita (Маргарита)

Валентин говорит о сестре в кабаке
Выхваляет ее ум и лицо,
А у Маргариты на левой руке
Появилось дорогое кольцо.
 
А у Маргариты спрятан ларец
Под окном в зеленом плюще,
Ей приносит так много серег и колец
Злой насмешник в красном плаще.
 
Хоть высоко окно в Маргаритки приют,
У насмешника лестница есть.
Пусть так звонко на улицах студенты поют, —
Прославляя Маргаритину честь.
 
Слишком ярки рубины и томен апрель,
Чтоб забыть обо всем, не знать ничего.
Марта гладит любовно полный кошель,
Только… серой несет от него.
 
Валентин, Валентин, позабудь свой позор,
Ах, чего не бывает в летнюю ночь!
Уж на что Риголетто был горбат и хитер,
И над тем насмеялась родная дочь.
 
Грозно Фауста в бой ты зовешь, но вотще!
Его нет. Его выдумал девичий стыд;
Лишь насмешника в красном и дырявом плаще
Ты найдешь… и ты будешь убит.
 
Publicado por 33cows33cows el Lun, 07/03/2016 - 20:03
Comentarios del uploader:

Текст: Н. С. Гумилёв

traducción al PortuguésPortugués
Align paragraphs
A A

Margarita

Valentim, sobre sua irmã, fala em um bar
Elogiando sua inteligência e seu belo rosto,
Enquanto Margarita¹ está a usar
Em sua mão esquerda um anel valioso.
 
E Margarita um baú escondera,
Sob sua janela, na verde hera,
Tantos anéis e brincos ela tem recebido
De seu embuste, em um manto vermelho vestido
 
Ainda que a janela até Margarita seja uma alta subida
Uma escada tem o burlista
Possam os estudantes em altas vozes, nas ruas, cantar
Para Margarita honrar.
 
Em abril, os rubis, tantos e tão reluzentes,
Para de tudo se esquecer, de nada ser consciente,
Marta² carinhosamente afaga uma bolsa bem recheada...
Só que de enxofre ela está empesteada.
 
Valentim, Valentim, esquece a tua humilhação,
Ai, o que é que não pode acontecer numa noite de verão?!
Tão esperto e corcunda aquele Rigoletto³ era,
E mesmo de bobo sua própria filha o fizera!
 
O terrível Fausto para um duelo desafias, mas para nada!
Ele não existe. Era a ilusão de uma garota envergonhada;
Apenas o embuste vestido em um manto vermelho e rasgado
Tu encontrarás... e serás assassinado!
 
Publicado por venus aversavenus aversa el Mar, 28/11/2017 - 02:51
Comentarios del autor:

Então a música fala a respeito de um poema de Goethe, Fausto. É uma obra famosa. Na primeira parte, temos um demônio chamado Mephistopheles apostando com o Deus Cristão que consegue seduzir Fausto com prazeres mundanos; e o personagem acaba assinando um contrato em que Mephistopheles o serviria em vida em troca de sua alma servi-lo após a morte, SE o demônio conseguisse lhe dar um momento de felicidade tão completa que ele desejasse uma duração eterna. Temos então:

  1. Margarita (ou Margarethe, ou Gretchen) é a amada de Fausto. Ele a encontra e se sente atraído. Com a ajuda de Marta, sua vizinha e de Mephistopheles, ele a seduz e presenteia com joias.
  2. Martha é a vizinha de Margarethe e ajuda Fausto a seduzi-la. Nisso, Gretchen reluta em convidá-lo para o quarto por medo da mãe. Fausto recebe de Mephistopheles uma poção dita sonífera, mas acaba matando a "sogra" quando esta bebe.
  3. Margarethe descobre-se grávida e Valentim desafia Fausto para um duelo, mas acaba morto. Rigoletto, no caso, refere-se a uma ópera homônima, em que o personagem Rigoletto é enganado pela própria filha, que se sacrifica pelo homem que a seduziu e por quem se apaixonou - no caso, que Rigoletto mandara matar.

Margarethe, no fim do ato, é abandonada por Fausto, afoga seu filho ilegítimo em desespero, acaba presa, se entrega ao Deus Cristão e é salva. Mas esta é uma simplificação grosseira de uma obra muito melhor. Traduzi as referências a Fausto como "burlista" e "embuste" pelos métodos que ele e Mephistopheles utilizaram para seduzir Margarita/Margarethe/Gretchen e acho que são o melhor contexto para насмешник, ainda que embuste seja uma gíria bem popular atualmente - e bem aplicável a um homem que seduz uma garota e não assume o filho, ainda mais no contexto em que Fausto foi escrito!

Comentarios