Publicités

Believer (traduction en portugais)

traduction en portugaisportugais (poétique)
A A

Crer

Versions : #1#2
Primeiramente
Vou dizer tudo que há na minha cabeça
Entusiasmado, estou cansado do jeito que as coisas estão, oh ooh
Do jeito que as coisas poderiam ter sido, oh ooh
 
Segundo
Não ouse dizer do que você acha que eu seria capaz
Eu e a vela somos um, neste mar sou o capitão, oh ooh
Neste mar sou o capitão, oh ooh
 
Desmontado, desde pequeno eu fui
Meus rancores, divididos com os outros
Escrevendo meus poemas à poucos
Para que olhem, experimentem, se surpreendam, entendam me
Recitar da mágoa da mágoa
Recitar às minhas veias a mensagem
Recitar ao meu cerébro o que foi aprendido
Apreciar a beleza por detrás da...
 
Dor!
Tu me fizeste, tu me fizeste crer, crer
Dor!
Tu me desmontaste, tu me remontaste, para crer, crer
Dor!
Que as balas venham, que elas caiam
Minha vida, meu amor, o que me impele, emana de...
Dor!
Tu me fizeste, tu me fizeste crer, crer
 
Terceiro
Ore por aqueles lá de cima
Por todo o ódio recebido, uma pomba emana do teu espirito, oh ooh
Seu espirito ascende, oh ooh
 
Eu estava sendo sufocado na multidão
Acumulando água em minha nuvem
As cinzas pousando no chão
Na esperança que meus sentimentos, sejam afogados
Que nunca sequer viveu, borbulhou, correu
Restrito, limitado
Até partir, e gotejar
E gotejar, como...
 
Dor!
Tu me fizeste, tu me fizeste crer, crer
Dor!
Tu me desmontaste, tu me remontaste, para crer, crer
Dor!
Que as balas venham, que elas caiam
Minha vida, meu amor, o que me impele, emana de...
Dor!
Tu me fizeste, tu me fizeste crer, crer
 
Por último
Batizado pelo fogos, pelas chamas
O futuro em sua face, o sangue em minhas veias, oh ooh
O sangue em minhas veias, oh ooh
Que nunca sequer viveu, borbulhou, correu
Restrito, limitado
Até partir, e gotejar
E gotejar, como...
 
Dor!
Tu me fizeste, tu me fizeste crer, crer
Dor!
Tu me desmontaste, tu me remontaste, para crer, crer
Dor!
Que as balas venham, que elas caiam
Minha vida, meu amor, o que me impele, emana de...
Dor!
Tu me fizeste, tu me fizeste crer, crer
 
Merci !
This is a poetic translation - deviations from the meaning of the original are present (extra words, extra or omitted information, substituted concepts).
Publié par Luis Silva AvlisLuis Silva Avlis Mar, 27/07/2021 - 18:10
Commentaires de l’auteur·e :

Not a literal translation, btw

Believer

Commentaires
Read about music throughout history