The Duty of Dust (traduction en portugais)

traduction en portugaisportugais
A A

O Dever da Poeira

Joelhos estão arranhados cavando a terra para a alma
Unhas estão rachadas ao lado do buraco que se alarga
E as nuvens derramam dentro, ao azul silencioso
Poça morna de memórias perdidas
 
É o dever da poeira
Lembrar-nos daquilo que nunca
Jamais deve ser esquecido
O trance do fogo que nunca nos cansa
 
Luminosas facas de memórias, memórias agora perdidas
 
Joelhos estão arranhados cavando a terra para a alma
Unhas estão rachadas ao lado do buraco que se alarga
E as nuvens derramam dentro, ao azul silencioso
Poça morna de memórias perdidas
 
Chame pela rua vazia e pergunte onde está indo
E se você for acolhido, acolha tudo o que carrega
 
Esta canção de memórias perdidas, é o crepúsculo
Música ambiente de antigas, antigas histórias contadas
 
Lembre-me do seu tempo
Com sua magnífica respiração sombria
Sintonizando com ondas de sóis distantes
Vê, agora, onde fomos?
Nos afogando em memórias perdidas
 
É o dever da poeira
Lembrar-nos daquilo que nunca
Jamais deve ser esquecido
 
Merci !
Publié par rafaelktakahashi0000rafaelktakahashi0000 Mar, 26/10/2021 - 00:06
anglais
anglais
anglais

The Duty of Dust

Commentaires
Read about music throughout history