Mariza - Lavava no rio, lavava (traduction en catalan)

portugais

Lavava no rio, lavava

Lavava no rio, lavava
Gelava-me o frio, gelava
Quando ia ao rio lavar;
Passava fome, passava
Chorava, também chorava
Ao ver minha mãe chorar
 
Cantava, também cantava
Sonhava, também sonhava
E na minha fantasia
Tais coisas fantasiava
Que esquecia que chorava
Que esquecia que sofria
 
Já não vou ao rio lavar
Mas continuo a sonhar
Já não sonho o que sonhava
Se já não lavo no rio
Porque me gela este frio
Mais do que então me gelava
 
Ai minha mãe, minha mãe
Que saudades desse bem
E do mal que então conhecia
Dessa fome que eu passava
Do frio que me gelava
E da minha fantasia
 
Já não temos fome, mãe
Mas já não temos também
O desejo de a não ter
Já não sabemos sonhar
Já andamos a enganar
O desejo de morrer
 
Publié par fadoluban le Jeu, 30/06/2011 - 11:39
Modifié pour la dernière fois par inedito le Jeu, 04/01/2018 - 13:23
Commentaires:

Fado lavava no rio, lavava

Aligner les paragraphes
traduction en catalan

Rentava al riu, rentava

Rentava al riu, rentava,
em gelava el fred, gelava
quan anava al riu a rentar,
passava fam, passava,
plorava, també plorava
en veure la mare plorar.
 
Cantava, també cantava,
somiava, també somiava,
i, en la meva fantasia,
tals coses fantasiava
que oblidava que plorava,
que oblidava que patia.
 
Ja no vaig al riu a rentar,
però continuo somiant,
ja no somio el que somiava.
Si ja no rento al riu
perquè em gela aquest fred
més del que llavors em gelava.
 
Ai mare meva, mare meva,
quina nostàlgia d'aquest bé
i del mal que llavors coneixia,
d'aquella fam que passava,
del fred que em gelava
i de la meva fantasia.
 
Ja no tenim fam, mare,
però ja no tenim tampoc
el desig de no tenir.
Ja no sabem somiar,
ara mirem d'enganyar
el desig de morir.
 
Publié par Scrabble le Dim, 07/01/2018 - 12:25
Commentaires de l’auteur(e) :

Gràcies a inedito per la seva traducció al castellà.

Commentaires