Publicité

She (traduction en portugais)

  • Artiste: Charles Aznavour
  • Chanson: She 14 traductions
  • Traductions : allemand, arabe, bulgare, espagnol, italien, japonais, persan, portugais, roumain, russe, serbe #1, #2, tonguien, turc
anglais

She

She may be the face I can't forget,
A trace of pleasure or regret,
May be my treasure or
The price I have to pay
 
She may be the song that summer sings,
May be the chill that autumn brings,
May be a hundred different things
Within the measure of a day.
 
She may be the beauty or the beast,
May be the famine or the feast,
May turn each day into a
Heaven or a hell.
 
She may be the mirror of my dream,
A smile reflected in a stream,
She may not be what she may seem
Inside her shell.
 
She who always seems so happy in a crowd,
Whose eyes can be so private and so proud,
No one's allowed to see them
When they cry.
 
She may be the love that cannot hope to last,
May come to me from shadows of the past,
That I remember till the day I die.
 
She may be the reason I survive,
The why and wherefore I'm alive,
The one I'll care for through the
Rough and rainy years
 
Me, I'll take her laughter and her tears
And make them all my souvenirs
For where she goes I've got to be.
The meaning of my life is she, she, she.
 
Publié par turcaninturcanin le Sam, 05/11/2011 - 13:56
Dernière modification par atherosatheros le Dim, 18/09/2016 - 22:05
traduction en portugaisportugais
Aligner les paragraphes
A A

Ela

Ela deve ser o rosto que eu nunca me esqueço,
Um traço de prazer ou de arrependimento,
Deve ser o meu tesouro ou
O preço pelo qual tenho que pagar
 
Ela deve ser a canção que canta o verão,
Deve ser a friagem que o outono traz,
Deve umas cem coisas diferentes
Durante um único dia
 
Ela deve ser a bela ou a fera,
Deve ser a fome ou o banquete,
Deve fazer de cada dia um
Paraíso ou um inferno
 
Ela deve ser o espelho do meu sonho,
Um sorriso refletido em um riacho,
Ela só não deve ser o que aparenta ser
Dentro do seu envoltório
 
Ela que sempre pareceu contente em meio ao povo,
Cujos olhos podem ser tão únicos e tão orgulhosos,
Ninguém tem a permissão de vê-los
Quando choram
 
Ela deve ser o amor que não consegue esperar pelo fim,
Deve vir a mim das sombras do passado,
Das quais me lembrarei até o dia de minha morte
 
Ela deve ser a razão pela qual sobrevivo,
O porquê e o pelo quê estou vivo,
A única com quem me importarei pelos
Tenebrosos dias de chuva
 
Eu, eu vou ter as risadas e as lágrimas dela
E fazer delas todas minhas lembranças
Por onde ela for eu tenho que estar
O significado da minha vida é ela, ela, ela.
 
Publié par robertohomelirobertohomeli le Mer, 30/07/2014 - 15:56
Commentaires