広告

Cantiga 125 (Muit é maior o ben fazer) (ポルトガル語 訳)

  • アーティスト: Artefactum (Arte Factum)
  • 曲名: Cantiga 125 (Muit é maior o ben fazer) 2 回翻訳しました
  • 翻訳: スペイン語, ポルトガル語
ガリシア・ポルトガル語

Cantiga 125 (Muit é maior o ben fazer)

Muit' é maior o ben-fazer
da Virgen Santa María
que é do démo o poder
nen d' óme mao perfía.
 
E desta razôn vos direi
un miragre fremos' assaz,
que fezo Santa María
por un crérigo alvernaz
que ena loar punnava
polos muitos bẽes que faz
e rezava por aquesto
a sas óras cada día.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
O crérigo maiordomo
éra do bispo ben dalí
da cidad' en que morava
el; e éra i outrossí
ũa donzéla fremosa
a maravilla, com' oí
que a Virgen, de Déus Madre,
mui de coraçôn servía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Des i sempre lle rogava
que lle mostrass' algũa ren
per que do démo guardada
fosse; e a Virgen porên
ll' apareceu e lli disse:
“Di ‘Ave María’ e ten
sempr' en mi a voontade,
e guarda-te de folía.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Ela fezo séu mandado
e usou esta oraçôn:
mai-lo crérigo que dixe
lle quis tal ben de coraçôn,
que en toda-las maneiras
provou de a vencer; mais non
podo i acabar nada,
ca oír nono quería.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Daquesto foi mui coitado
o crérigu', e per séu saber
fez ajuntar os dïabos
e disse-lles: “Ide fazer
com' éu a donzéla aja
lógu' esta noit' en méu poder;
senôn, en ũa redoma
todos vos ensserraría.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Daquelo que lles el disse
ouvéron todos gran pavor,
e foron aa donzéla
e andaron-ll' a derredor;
mais nada non adobaron,
ca a Madre do Salvador
a guardava en tal guisa
que ren non ll' empeecía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Quand' entenderon aquesto,
lóg' ao crérigo sen al
se tornaron, e el disse:
“Como vos vai?” Disséron: “Mal;
ca tan muito é guardada
da Virgen Madr' esperital,
que o que a enganasse
mui mais ca nós sabería.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
O crérig' outra vegada
de tal guisa os conjurou
que ar tornaron a ela,
e un deles tan muit' andou
que a oraçôn da Virgen
lle fezo que se ll' obridou;
e ao crérigo vẽo
o démo con alegría,
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Dizend': “O que nos mandastes
mui ben o per recadei éu,
e oi mais de a averdes
tenno que non será mui gréu.”
E o crérigo ll' ar disse:
“Tórna-t' alá, amigo méu,
e fais-me como a aja,
senôn, lógo morrería.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E o démo tornou tóste
e feze-a lógu' enfermar,
e ena enfermidade
fez-la en tal guisa maiar
que séu padre e sa madre
a querían porên matar:
mai-lo crérigo das mãos
muit' aginna lla tollía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E entôn atán fremoso
o crérigo lle pareceu
que a poucas d' amor dele
lógo se non enssandeceu,
ca o démo, de mal chẽo,
en tal guisa a encendeu
que diss' entôn a séu padre
que lógo se casaría.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Con aquel crérigu'. E disse
a sa madre que manamán
por el lógo envïasse
e chamassen un capelán
que lles as juras fezésse;
senôn, soubéssen ben de pran
que lógu' entôn con sas mãos
ant' eles se mataría.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Outro día de mannãa
fezéron lógu' eles vĩir
o crérigu'; e el de grado
vẽo i e foi-lles pedir
sa filla por casamento,
e prometeu-lles sen falir
que lle daría en arras
gran requeza que avía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E disso: “Casemos lógo.”
Mas diss' o padre: “Non, mais cras
che darei onrradamente
mia filla, e tu seerás
come en logar de fillo;
e se éu morrer erdarás
mui grand' algo que éu tenno,
que gaãnei sen tricharía.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Os esposoiros juntados
foron lógo, com' apres' ei,
e outro día mannãa
casaron; mais, que vos direi?
Porque pelo démo fora,
a Madre do muit' alto Rei
do Céo mui grorïoso
lógo lle-lo desfazía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E por partir este feito
oíd' agora o que fez:
O crérigo que disséra
sempre sas óras, essa vez
obridou-xe-lle a nõa;
mais la Reínna de gran prez
fezo que a sa eigreja
fosse, como ir soía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E u estava rezando,
pareceu-ll' a Madre de Déus
e disso-ll': “Aquí que fazes?
Ca ja tu non éras dos méus
vassalos nen de méu Fillo,
mais és dos ẽemigos séus,
dïabos, que che fezéron
começar est' arlotía
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Que con esta mia crïada
cuidas casar, pero me pes,
que ja sé eno taamo,
toda ben cobérta d' alfrês.
Esto non será dest' ano,
per bõa fé, nen deste mes;
mais leixa esta loucura
e tórna-t' a crerezía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E éu farei ao bispo
que venna por ti lóg' acá,
e di-ll' esto que che dixe,
e el ben te consellará
como non pérças ta alma;
e senôn, Déus se vingará
de ti por quanto quisische
do démo sa companía.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Foi-s' entôn a Virgen santa
aa donzéla, alí u
dormía, e disso: “Maa,
com' ousas aquí dormir tu
que és en poder do démo,
e mi e méu Fillo Jesú
te'scaecemos mui tóste,
louca, maa e sandía?”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
A donzéla disse lógo:
“Sennor, o que vos aprouguér
farei mui de bõa mente;
mais este, de que soon mollér,
com' o leixarei?” (diss' ela).
Diss' a Virgen: “A-che mestér
que o leixes e te vaas
meter en ũa mongía.”
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
A novia s' espertou lógo
chorando, e esto que viu
diss' ao padr' e à madre;
des i mercee lles pediu
que lógu' en un mõesteiro
a metessen, per com' oiu
dizer aa Virgen santa,
que casar non lle prazía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
E o bispo chegou lógo,
e disso-lle o novio: “Fól
soon de que casar quige,
mai-lo démo, que sempre sól
fazer mal aos que ama,
m' enganou; e porên mia pról
é que lógo monge seja
en algũa abadía."
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
Desta guisa acordados
foron os novios, como diz
o escrito; e o bispo,
que nom' avía Don Fiíz,
ambos los meteu en orden
por prazer da Emperadriz
do Céo mui grorïosa,
e foron i todavía.
 
Muit' é maior o ben-fazer...
 
木, 16/11/2017 - 20:45にMetodiusMetodiusさんによって最終編集されました。
投稿者コメント:

http://www.cantigasdesantamaria.com/csm/125

Cantigas de Santa María.
Alfonso X de Castilla «el Sabio» (1221-1284).

ポルトガル語 訳ポルトガル語
Align paragraphs
A A

Cantiga 125 (É muito maior a bondade)

É muito maior a bondade
da Santa Virgem Maria
do que o poder do diabo ou
do homem mau da teimosia.
 
É por isso que vos contarei
sobre um milagre muito lindo
que Santa Maria fez
para um clérigo de Auvérnia
que sempre a elogiava
por suas boníssimas obras que fazia;
e rezava por isso
em suas horas todos dias.
 
É muito maior a bondade...
 
O clérigo era administrador
dos bens do bispo de lá
da cidade onde vivia
ele; e era onde, também, havia
uma donzela incrivelmente
linda, como ouvi,
que servia com todo o coração
a Virgem, Mãe de Deus.
 
É muito maior a bondade...
 
Desde sempre lhe rogava para
que lhe mostrasse algum modo
para que, do demônio, fosse
protegida; e, portanto, a Virgem
apareceu-lhe e disse-lhe:
"Diz 'Ave Maria' e mantenhas
tua vontade sempre centrada em mim,
e atenta-te com a folia."
 
É muito maior a bondade...
 
Ela fez seu dever
e pronunciou esta oração;
mas o clérigo que fora mencionado
a amava com tanta paixão
que de todas as maneiras
tentou conquistá-la, mas não
conseguia nada,
já que ela não queria ouvi-lo.
 
É muito maior a bondade...
 
Por causa disso, ficou muito triste
o clérigo, e, com magia,
convocou os demônios
e disse-lhes: "Ide e fazeis
com que eu tenha a donzela
depois desta noite sob meu poder;
senão, em uma redoma
trancá-vos-ei todos."
 
É muito maior a bondade...
 
Com o que lhes disse
todos ficaram muito apavorados,
e foram até a donzela
e pairaram ao seu redor;
mas não conseguiram nada,
pois a Mãe do Salvador
a protegia de tal forma
que nada a incomodava.
 
É muito maior a bondade...
 
Quando notaram isso,
logo ao clérigo, sem nada,
voltaram, e ele disse:
“Como vós ides?” Então responderam: "Mal,
pois ela foi muito bem protegida
pela Virgem, a Mãe Espiritual,
e para que a enganasse, precisar-se-ia
de ter mais poder que nós."
 
É muito maior a bondade...
 
O clérigo outra vez,
com esta intenção, conjurou-os
para que novamente voltassem a ela,
então um deles insistiu tanto
que a fez esquecer
da oração da Virgem;
e veio ao clérigo
o demônio, com alegria,
 
É muito maior a bondade...
 
Dizendo: “O que nos pedistes,
eu consegui muito bem,
e hoje, se a quererdes,
sei bem que não vos será muito difícil.”
Então o clérigo de novo lhe disse:
"Volta lá, amigo meu,
e me faças com que eu a tenha,
senão morrerei logo.”
 
É muito maior a bondade...
 
Assim o demônio voltou depressa,
fazendo-a logo adoecer;
e a enfermidade
fê-la sofrer de tal maneira
que seu pai e sua mãe
queriam, por fim, matá-la,
mas o clérigo resgatou-a
de suas mãos muito em breve.
 
É muito maior a bondade...
 
E assim muito lindo
o clérigo apareceu-lhe
que num instante, de amor por ele,
ela já se enlouqueceu,
pois o demônio, cheio de maldade,
excitou-a de tal jeito
que ela disse então ao seu pai
que logo se casaria
 
É muito maior a bondade...
 
Com esse clérigo. E disse
a sua mãe que, com rapidez,
corressem pelo lugar
e chamassem um capelão
que lhes havia feito ritos,
senão saberiam muito bem
que logo com suas mãos
diante deles se mataria.
 
É muito maior a bondade...
 
No outro dia de manhã,
eles fizeram logo vir
o clérigo; e ele, gostando,
veio e foi até a eles pedir
sua filha em casamento,
prometendo-lhes, sem falta,
que lhe daria em matrimônio
a grande riqueza que ele tinha.
 
É muito maior a bondade...
 
E disse: “Casemos logo.”
Mas o pai dela disse: “Não, mas amanhã
te darei honradamente
minha filha, e tu serás
como se foste meu filho;
e se eu morrer, herdarás
o grande patrimônio que eu tenho,
que ganhei sem artimanha.”
 
É muito maior a bondade...
 
Os esposos, unidos,
foram-se logo, depois dali mesmo,
e no dia seguinte,
se casaram; mas o que vos direi?
O que demônio havia feito
a Mãe do Altíssimo Rei
do Céu, muito Glorioso,
logo o desfaria.
 
É muito maior a bondade...
 
E por esse fato,
escutai agora o que ele fez:
O clérigo que dizia
sempre suas orações, dessa vez,
as esqueceu de novo;
mas a Rainha da grande virtude
fez com que ele a sua igreja
voltasse, como sempre fazia.
 
É muito maior a bondade...
 
E onde estava rezando,
apareceu-lhe a Mãe de Deus,
perguntando-lhe: “O que fazes aqui?
Pois tu não eras um dos meus
vassalos nem do meu Filho,
então fazes partes de seus inimigos
demoníacos, que te fizeram
iniciar esta baixeza
 
É muito maior a bondade...
 
Com esta minha serva com quem
procuras casar-te, mas me pesa,
porque sei que ela está no tálamo,
toda bem vestida de adornos.
Isso não vai acontecer neste ano,
por boa fé, nem neste mês;
é melhor saíres dessa loucura
e voltares à clerezia.
 
É muito maior a bondade...
 
E eu farei com que o bispo
venha logo procurar por ti aqui,
e diz-lhe o que eu já te disse,
e ele te aconselhará bem
para que não condenes tua alma;
caso contrário, Deus se vingará
de ti, já que querias
a ajuda do diabo.”
 
É muito maior a bondade...
 
Foi-se então a Santa Virgem
até a donzela, e lá onde
dormia, lhe disse: “Maldosa,
como ousas dormir aqui se tu
estás sob o poder do demônio?
Eu e meu Filho Jesus
esqueceremos rapidamente de ti,
tola, maldosa e insana...”
 
É muito maior a bondade...
 
Então a donzela respondeu:
“Senhora, o que Vós quiserdes,
farei com boníssima vontade,
mas eu, sendo a mulher dele,
como posso deixá-lo?” (disse ela).
A Virgem disse: “É necessário
que o deixes e que
entres em uma mongia.”
 
É muito maior a bondade...
 
A noiva se despertou e então
chorou, por causa do que viu
e contou ao seu pai e a sua mãe;
assim lhes pediu que se solidarizassem
e que em um mosteiro
a metessem, porque ouviu
a Santa Virgem dizer
que o casamento não a agradava.
 
É muito maior a bondade...
 
O bispo logo chegou
e disse ao noivo: “Loucos
são aqueles que querem se casar,
mas o demônio, que sempre tende
a fazer mal para aqueles que ele ama,
enganou-me e, portanto, meu dever
é ser logo um monge
em alguma abadia.”
 
É muito maior a bondade...
 
Desta maneira, despertados
foram os noivos, como diz
o escrito; e o bispo,
cujo nome era Don Felix,
meteu ambos em ordens religiosas
ao gosto da Imperatriz
do Céu, muito Gloriosa,
e foi assim que prosseguiram.
 
É muito maior a bondade...
 
火, 12/03/2019 - 03:54にThalyson TeixeiraThalyson Teixeiraさんによって投稿されました。
木, 29/08/2019 - 02:02にThalyson TeixeiraThalyson Teixeiraさんによって最終編集されました。
"Cantiga 125 (Muit é..."の翻訳をもっと見る
ポルトガル語 Thalyson Teixeira
コメント
Thalyson TeixeiraThalyson Teixeira    木, 14/03/2019 - 04:49

Esses pronomes da língua portuguesa átonos e oblíquos são exageradamente complexos/difíceis. A tradução, na minha opinião, já está acurada.