Cuando nadie me ve ( Tradução para Português)

Advertisements
Tradução para Português

Quando ninguém me vê

As vezes me elevo, dou mil voltas
as vezes me fecho atras de portas abertas
as vezes te conto o porque deste silencio
e e que as vezes sou seu e as vezes do vento
 
As vezes de um fio e as vezes de um cento
e tem vezes, minha vida, te juro que penso:
por que e tao dificil sentir como me sinto
sentir como me sinto, que seja dificil
 
As vezes te olho e as vezes voce me deixa
voce me empresta suas asas, revisa suas pegadas
as vezes por tudo ainda que nao me falhe
as vezes sou seu e as vezes de niguem
e as vezes de juro de verdade que sinto
nao te dar a vida inteira, te dar somente esses momentos
por que e tao dificil
viver e somente isso
viver e somente isso
por que e tao díficil
 
Quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve ponho o mundo do avesso
quando ninguem me ve a pele nao me impede
quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve
 
As vezes me elevo, dou mil voltas
as vezes me fecho atras de portas abertas
as vezes te conto o porque deste silencio
e e que as vezes sou seu e as vezes do vento
 
Te escrevo dos centro da minha propria existencia
de onde nascem os desejos, a infinita essencia
tem coisas muito suas que eu nao compreendo
e tem coisas muito minhas, mas e que eu nao as vejo
suponho que penso que eu nao as tenho
nao entendo minha vida, os versos se acendem
que no escuro te posso, sinto muito, nao acerto
mao acenda as luzes que tenho nus
a alma e o corpo
 
Quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve ponho o mundo do avesso
quando ninguem me ve a pele nao me impede
quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve a pele nao me impede, nao
 
Quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve posso ser ou nao ser
porque a pele nao me impede, nao
posso ser ou nao ser
quando ninguem me ve
 
As vezes me elevo, dou mil voltas
as vezes fecho voce atras de portas abertas
as vezes te conto o porque deste silencio
e e que as vezes sou seu e as vezes do vento
as vezes do vento
as vezes do vento
as vezes do vento
 
Adicionado por Monika_Thalía em Domingo, 21/10/2018 - 22:25
Espanhol

Cuando nadie me ve

Mais traduções de "Cuando nadie me ve"
PortuguêsMonika_Thalía
Thalía: Maiores 3
Ver também
Comentários