Poème à mon frère blanc ( översättning till portugisiska)

Reklam
franska

Poème à mon frère blanc

Cher frère blanc,
Quand je suis né, j'étais noir,
Quand j'ai grandi, j'étais noir,
Quand je suis au soleil, je suis noir,
Quand je suis malade, je suis noir,
Quand je mourrai, je serai noir.
 
Tandis que toi, homme blanc,
Quand tu es né, tu étais rose,
Quand tu as grandi, tu étais blanc,
Quand tu vas au soleil, tu es rouge,
Quand tu as froid, tu es bleu,
Quand tu as peur, tu es vert,
Quand tu es malade, tu es jaune,
Quand tu mourras, tu seras gris.
 
Alors, de nous deux,
Qui est l'homme de couleur ?
 
Inskickad av Sophia_Sophia_ Tis, 15/09/2015 - 08:15
översättning till portugisiskaportugisiska
Align paragraphs
A A

Poema para meu irmão branco

Caro irmão branco
Quando eu nasci, eu era negro
Quando eu cresci, eu era negro
Quando estou no sol, eu sou negro
Quando eu estou doente, eu sou negro
Quando eu morrer, eu serei negro
 
Enquanto você, homem branco,
Quando você nasceu, você era rosa
Quando você cresceu, você era branco
Quando você vai ao sol, você fica vermelho
Quando você tem frio, você fica azul
Quando você tem medo, você fica verde
Quando você é doente, você fica amarelo
Quando você morrer, você será cinza
 
Então, de nós dois,
Quem é o homem de cor?
 
Inskickad av soorchasoorcha Sön, 05/11/2017 - 20:56
Added in reply to request by Sophia_Sophia_
Léopold Sédar Senghor: Topp 3
Idioms from "Poème à mon frère ..."
Kommentarer