Uma Casa Portuguesa (English translation)

Advertisements
Portuguese

Uma Casa Portuguesa

 
Numa casa portuguesa fica bem,
pão e vinho sobre a mesa.
e se à porta humildemente bate alguém,
senta-se à mesa co'a gente.
Fica bem esta franqueza, fica bem,
que o povo nunca desmente.
A alegria da pobreza
está nesta grande riqueza
de dar, e ficar contente.
 
Quatro paredes caiadas,
um cheirinho à alecrim,
um cacho de uvas doiradas,
duas rosas num jardim,
um São José de azulejo,
mais o sol da primavera...
uma promessa de beijos...
dois braços à minha espera...
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!
 
No conforto pobrezinho do meu lar,
há fartura de carinho.
e a cortina da janela é o luar,
mais o sol que bate nela...
Basta pouco, poucochinho p'ra alegrar
uma existência singela...
É só amor, pão e vinho
e um caldo verde, verdinho
a fumegar na tigela.
 
Quatro paredes caiadas,
um cheirinho á alecrim,
um cacho de uvas doiradas,
duas rosas num jardim,
São José de azulejo
mais um sol de primavera...
uma promessa de beijos...
dois braços à minha espera...
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!
 
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!
 
Submitted by algebra on Fri, 02/10/2009 - 08:04
Last edited by Miley_Lovato on Thu, 21/08/2014 - 12:12
Align paragraphs
English translation

A portuguese house

Versions: #1#2
In a portuguese home, it looks good
to have bread and wine on the table.
and if someone humildly knocks at the door,
we invite them to sit at the table with us
This frankness looks good, so good ,
the frankness which people never deny
the joy of poverty
is this great richness
of being generous and feeling happy
 
Four whitewashed walls,
a sweet smell of rosemary,
a bunch of golden grapes
two roses in a garden,
a statue of St. Joseph in ceramics
and the sun of the spring in addiction ...
a promise of finding kisses
two open arms waiting for me
This is a portuguese home, certaily!
This is, surely, a portuguese home!
 
In the humild comfort of my home,
there is the plenty of affection.
and the curtain of the window is the moonlight,
and also the sun, that shines on it ...
Just a little is enough to cheer
such a simple existence
It's simply love, bread and wine
and the cabbage soup, so greenish
smoking from the bowl.
 
Submitted by algebra on Fri, 02/10/2009 - 08:08
Comments
alinig    Thu, 06/05/2010 - 14:47

Que poesia linda! eu não conhecia!!!

algebra    Fri, 07/05/2010 - 10:14

Os fados portugueses são sempre lindos e me dão muito orgulho da nossa língua mãe Wink smile

viviane leite    Sat, 06/06/2015 - 01:50

Lindamente traduzido, coisa difícil de se fazer...parabéns.
Mas, caldo verde é feito com couves, right?
Enfim, obrigada pelo trabalho.